×
Loading ...

Tipos de cordas de puxar para interruptores de luzes

Os interruptores de puxar são universais. Eles acendem e apagam as luzes ao puxar de uma corrente ou corda. As lâmpadas incandescentes são as mais eficazes (e seguras) quando postas no topo de um cômodo. Isto faz com elas sejam difíceis de ligar e desligar se não houver soquetes de correntes.

Este tipo de interruptor está por toda parte (pull the rope image by Principal from Fotolia.com)

Estilo alternador

Este é o estilo mais comum. Puxa-se uma vez para acender e outra para apagar. Para a maior partes das luzes isso é tudo o que se precisa. Estes são os tipos geralmente colocados em armários e prédios industriais. Há basicamente três tipos deste interruptor: o interruptor pode estar embutido em um soquete onde a lâmpada se rosqueia; a corrente pode ser um soquete que é o terminal de um fio elétrico (estes são comuns em ambientes muito grandes) e as correntes bem curtas e que operam uma lâmpada ou outros aparelhos. Na Europa, esses interruptores (com uma corda, nunca uma corrente) são comuns em banheiros porque acredita-se que eles protegem contra choques elétricos ao serem ligados e desligados com as mãos molhadas.

Loading...

Estilo rotatório

O estilo rotatório alterna entre mais de dois estados. Cada puxão avança o sistema em um passo, em um ciclo de passos, até que ele comece a se repetir. Ele é usado ao controlar algo que pode estar em mais de dois estados (não somente uma lâmpada que só pode ligar ou desligar). Exemplos incluem lâmpadas com configurações baixa, média e alta, ou um par de lâmpadas que podem estar em quatro estados: Ambas desligadas, uma ligada, a outra ligada, ou as duas ligadas. Esses interruptores também são comum em locais que tenham um ventilador e luz combinados. Os puxões contínuos alternam o aparelho desde desligado, apenas luz, apenas ventilador, ou ventilador e luz. Cada passo do ciclo é na verdade um puxão, caso contrário seria muito difícil progredir um passo por vez.

Outros estilos

Outros dois estilos são o de toque (ou sensor) e o contínuo (ou de tensão), o primeiro move de um estado ao outro quando a corrente é tocada -- ela não precisa ser puxada. Estas funcionam com os botões em elevadores, que não precisam ser apertados. O contínuo mantém a luz acesa enquanto você estiver puxando a corrente, mas ela se apaga assim que você a solta. Estas são usadas não somente para luzes, mas também para sistemas que devem ser periodicamente testados -- como alarmes contra roubo.

Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...