Tipos de costeletas

Costeletas também podem estar ligadas pelo bigode

Photos.com/Photos.com/Getty Images

A costeleta é um tipo de pelo facial que se tornou popular no século XIX na Europa e na América. Naquele período, as costeletas proeminentes e volumosas eram usadas por homens que não tinham restrições de aparência ditadas pelos seus empregadores. Saíram de moda por volta de 1900, mas retornaram nos anos 60.

Curta

Costeleta curta

Goodshoot RF/Goodshoot/Getty Images

As costeletas podem ser usadas em vários estilos, mas um dos mais comuns é o curto. Afinal, tudo que desce além do topo da orelha pode ser considerado costeleta, e muitos homens aparam os pelos do rosto abaixo dessa linha.

Longa

Costeleta longa

Ryan McVay/Lifesize/Getty Images

Costeletas mais avantajadas são tipicamente longas, descendo ao lado e até mesmo abaixo da orelha, podendo chegar até a mandíbula. Esse comprimento de costeleta destaca-se mais do que as costeletas curtas.

Fina

Costeleta fina

Photodisc/Photodisc/Getty Images

As costeletas podem, independente do tamanho, vir em diferentes larguras. Costeletas finas podem ser longas, chegando até a mandíbula, ou podem acabar na altura do lóbulo. Essas costeletas são menos proeminentes e normalmente bem aparadas.

Larga

Costeleta larga

Ryan McVay/Photodisc/Getty Images

As costeletas também podem ser bem largas. Elas tanto podem ter uma largura uniforme de cima para baixo como podem ir alargando conforme descem. Também é possível que elas sejam largas ao ponto de se ligarem por um bigode.

Volume

Costeleta volumosa

Thinkstock Images/Comstock/Getty Images

As costeletas também podem ter volumes diferentes. Podem estar bem aparadas, por exemplo, ou mais curtas do que o cabelo para não se destacarem tanto. Outros estilos de costeleta são volumosos e pouco aparados, ocupando um lugar de destaque no rosto.

×