Como tomar olmo-vermelho

A árvore de olmo-vermelho é fonte de uma erva que traz benefícios para a saúde. A medicina chinesa antiga e a nativa americana estão repletas de usos para essa planta. Os usuários dessa erva afirmam que ela reveste o trato digestivo, amolece as fezes, dissolve muco e catarro, aumenta o fluxo urinário e é nutritiva. Alguns passos simples garantem a utilização segura e apropriada do olmo-vermelho.

Step 1

Aprecie sua forma bruta. A erva reside na casca interna da árvore de olmo-vermelho e torna-se uma substância espessa e escorregadia quando combinada com a água. Sua textura tem um efeito suave e calmante.

Step 2

Use para indicações aprovadas. A Food and Drug Administration, órgão governamental dos Estados Unidos, reconhece o uso do olmo-vermelho para o tratamento de dor de garganta e problemas respiratórios leves, como tosse.

Step 3

Considere outros usos internos. Herbalistas recomendam o uso do olmo-vermelho para tratar de muitos problemas digestivos, incluindo refluxo ácido, úlcera, síndrome do intestino irritável, colite, diverticulite e diarreia.

Step 4

Investigue usos externos. Herbalistas aconselham o uso do pó de olmo-vemelho para formar uma pasta para aliviar hemorroidas, feridas, queimaduras e furúnculos.

Step 5

Limite-se a dosagem recomendada. O olmo-vermelho está disponível em comprimidos e cápsulas de 250 ou 500 mg. Tome de 750 a 1500 mg por dia em doses divididas, respeitando um intervalo de oito horas.

Step 6

Utilize um pó fino para fazer uma bebida caseira. Use uma colher de pau para misturar uma parte de pó de olmo-vermelho em oito partes de água. Ferva a mistura em uma panela e, em seguida, deixe cozinhar em fogo brando por 15 minutos. Beba 120 ml três vezes ao dia.

Step 7

Selecione um pó grosso para curativos. Use uma colher de pau para misturar o pó de olmo-vermelho com uma pequena quantidade de água e ferva até ficar espesso e viscoso.

×