×
Loading ...

Tratamentos alternativos para linfomas em cães

Linfoma é o câncer número um em cães. Ele é visto em quase 20% de casos de câncer canino, de acordo com o Centros de Câncer Canino. Embora existam raças específicas que tenham um risco maior para o problema, a doença pode afetar qualquer cão de qualquer idade.

Todos os cães podem ser afetados por linfoma (Sarah Estlund personal collection)

O que é o linfoma canino

O linfoma é também referido como linfoma não Hodgkiniano. Esse é um tipo maligno de câncer que ataca o sistema linfático, atingindo todos os gânglios linfáticos do cachorro. Em caninos, esses gânglios são encontrados próximos ao baço, fígado, nódulos linfáticos, pele e trato gastrointestinal. Eles são importantes para os cães pois são responsáveis por auxiliar o sistema imunológico reagindo contra infecções e vírus.

Loading...

Outras doenças relacionadas ao linfoma

O linfoma canino pode ser multicêntrico, ocorrendo nos gânglios linfáticos. Ele também pode ocorrer no trato gastrointestinal, onde afeta os gânglios do abdômen, fígado, intestinos e estômago. Linfomas que afetam a pele são chamados de cutâneos.

Sintomas de linfoma canino

Existem muito poucos sintomas para o linfoma e eles são difíceis de serem diagnosticados. Ocasionalmente o cão terá gânglios linfáticos inchados. É possível senti-los embaixo do pescoço, atrás dos joelhos e atrás ou próximo aos ombros.

Opções de tratamento

Quando um cão é diagnosticado com linfoma existem estratégias diferentes de tratamento apresentadas pelo veterinário. O tratamento mais comum é a quimioterapia. Outras formas comuns de tratamento são um protocolo multi-drogas que é um coquetel de remédios diferentes administrado ao cão, incluindo a prednisona.

Opções de tratamento alternativas

Tratamentos alternativos para linfoma em cães estão se tornando cada vez mais populares. Algumas dessas alternativas são a terapia nutricional, modificação de comportamento, acupuntura, homeopatia e quiropraxia veterinária.

A terapia nutricional é exatamente o que seu nome diz: uma dieta orgânica, sem preservantes e natural.

Os tratamentos alternativos envolvendo a modificação de comportamento incorporam aspectos diferentes. Para ser executado com sucesso, o tratamento deve incluir nutrição, avaliação do estilo de vida, biologia e etologia. A teoria por trás dessa alternativa é que cada uma dessas disciplinas afeta o comportamento.

A acupuntura é uma medicina alternativa que tem sido praticada na China por mais de 3.500 anos. A teoria por trás dela é estimular e fortalecer o sistema imunológico e também aliviar dores em pacientes.

A homeopatia é baseada na mesma teoria das vacinas na medicina moderna. Essencialmente ela introduz uma dose diluída de uma substância tóxica ao corpo do cachorro. Acredita-se que essas pequenas doses ajudam na construção da imunidade à substância, portanto sendo capaz de lutar contra o câncer quando o sistema é atacado.

A quiropraxia em caninos é a mesma utilizada em humanos. Como parte da comunidade de medicina alternativa, ela se tornou um tratamento alternativo respeitando para linfomas em cães.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...