Como tratar os acrocórdons (pólipos fibroepiteliais) de pele

Aprenda a tratar acrocórdons corretamente

Os acrocórdons (pólipos fibroepiteliais ou fibromas moles) são pequenos tumores de pele benignos, geralmente ligados à pele circundante por uma haste ou caule. Eles podem ter várias formas e tamanhos diferentes. São mais comumente encontrados na região da virilha, nos braços, no peito, no pescoço e nas pálpebras.

Escolha a melhor opção para tratar seus acrocórdons de pele

Step 1

Não faça nada. Você e seu dermatologista podem decidir que nenhum tratamento seja necessário, uma vez que um acrocórdon é benigno. Ele não se transformará em câncer nem causará dor a menos que seja em um local que esteja em fricção ou irritação com a roupa.

Step 2

Trate as irritações cobrindo a ferida com um curativo ou use cremes ou pós para manter o acrocórdon longe roupas e outras partes da pele.

Step 3

Congele o acrocórdon com nitrogênio líquido, da mesma forma que as verrugas são tratadas. Normalmente o dermatologista mergulha uma pinça hemostática (um instrumento que se parece com uma combinação entre um par de pinças e um par de tesouras) em nitrogênio líquido e depois agarra o talo do fibroma suavemente durante quinze segundos. Você poderá sentir uma sensação de ardor ou queimação. O fibroma deve cair entre 7 e 10 dias.

Step 4

Bloqueie o fornecimento de sangue para o acrocórdon. O seu dermatologista deve amarrar um pedaço de fio firmemente em torno do caule, evitando que o fibroma receba qualquer quantidade de sangue. Esse procedimento pode ser um pouco desconfortável. Ele geralmente cai em poucos dias.

Step 5

Extraia o acrocórdon. Uma excisão -- remoção cirúrgica de um fibroma de pele -- pode ser rapidamente realizada no consultório de um dermatologista. Muitas vezes, o único equipamento necessário é um par de tesouras afiadas. Alguns médicos nem sequer usam anestésico local, admitindo que a dor da picada da injeção seja pior do que o corte rápido do acrocórdon.

×