Como tricotar cortinas

••• Jupiterimages/Polka Dot/Getty Images

Ao contrário de cortinas padrão, as de tricô dão um toque da sua personalidade ao cômodo. Para pequenas janelas nos quartos, banheiro ou cozinha, cortinas de tricô são projetos fáceis para qualquer nível de habilidade, porque são apenas grandes retângulos. Como cortinas de renda, elas filtram a luz e proporcionam privacidade. Esse padrão cria um efeito de renda com um simples cordão de tricô e agulhas grandes.

Primeiros passos

Passo 1

Meça o comprimento e a largura da janela, onde você deseja que a cortina inicie e termine. Por exemplo, medidas do interior da janela seriam menores do que para uma cortina que cobre a janela toda e o peitoril.

Passo 2

Adicione largura. As cortinas costumam ser maiores do que a janela, para drapejar. Você pode adicionar até o dobro da largura ou 10%, no mínimo.

Passo 3

Monte 18 pontos, tricote 18 fileiras de cordões de tricô e arremate. Esta é a amostra pontos.

Passo 4

Lave e seque a amostra quando terminar a cortina.

Passo 5

Meça a amostra de pontos; deve ser 10 cm de ponta a ponta. Esta é uma amostra do pontos de dois pontos a cada centímetro.

Passo 6

Multiplique a cortina por dois, para determinar quantos pontos precisa montar. Por exemplo, se você determinou que a cortina precisa ter 40 cm de largura, monte 80 pontos.

Tricotando a cortina

Passo 1

Monte o número necessário de pontos. Tricote cada ponto, cada linha até que a cortina fique 2,5 cm mais curta do que a medida do comprimento da sua janela.

Passo 2

Faça uma linha ilhós tricotando dois pontos juntos, seguidos por uma laçada. Espalhe os ilhós uniformemente em toda a cortina.

Passo 3

Continue tricotando cada ponto por mais 2,5 cm e arremate. Teça nas extremidades com a agulha de tapeçaria.

Passo 4

Lave e seque a cortina.

Passo 5

Fixe um alfinete na fita. Inicie em uma ponta da cortina e passe a fita, de trás para a frente, em cada ilhós até o final.

Passo 6

Fixe a haste da cortina, deslizando-a através da fita.

Mais recentes

×