Tumores na pata de cães

••• dog image by Zbigniew Nowak from <a href='http://www.fotolia.com'>Fotolia.com</a>

Nos cães, os tumores que afetam as patas podem ser benignos ou malignos. Eles, muitas vezes, surpreendem os donos e requerem a atenção de um veterinário. Em alguns casos, o tumor pode não ser visível e só será descoberto durante um exame de rotina feito por um veterinário profissional.

Tipos

Existem vários tipos de tumores benignos e malignos que podem afetar as partes da pata de um cão, como os dedos, ossos, solas e pele. Entre eles estão carcinoma de células escamosas, histiocitoma, mastocitomas e carcinoma epidermoide.

Sintomas

Os sintomas de um tumor na pata podem variar dependendo do tipo e da gravidade do tumor. Alguns podem causar sangramento, manqueira ou inchaço. Também podem aparecer unhas quebradas ou massas sólidas e elevadas .

Diagnóstico

Para determinar o tipo de tumor, o veterinário tira um raio-X e coleta amostras do inchaço. Ele manda as amostras para um patologista, que irá determinar o tipo do tumor presente e transmitirá as informações ao veterinário.

Tratamento

O tratamento varia conforme o tipo, número e gravidade dos tumores presentes. Em alguns casos o tumor é removido, enquanto em outros pode ser necessário amputar a pata do animal. Se o tumor começou a se espalhar, o cão deve fazer quimioterapia e radioterapia.

Prognóstico

Os tumores nas patas caninas têm prognóstico variado. Alguns cães que tiveram o tumor, a pata ou a perna removida geralmente se adaptam à vida com três pernas e continuam a viver normalmente. Se houve espalhamento do tumor, o prognóstico deve ser vigiado com mais atenção.

Mais recentes

×