×
Loading ...

Como a valeriana pode ser usada para tratar a ansiedade nos cães

Os cães podem ficar ansiosos por muitos motivos. Visitas ao veterinário, tempestades, batucadas ou ficar sozinho o dia todo são algumas das situações que podem fazer com que alguns cães fiquem uma pilha de nervos. Embora a terapia comportamental para animais ansiosos seja a melhor maneira de curá-los, muitos proprietários simplesmente sedam seus cães até a crise passar. O medicamento acepromazina pode sedar fisicamente um cão ansioso, mas não tranquilizará seus medos. A valeriana tem sido usada para tratar a ansiedade canina.

A valeriana tem sido usada para tratar a ansiedade canina (Ryan McVay/Digital Vision/Getty Images)

História da valeriana

Embora a valeriana tenha cheiro de mofo, ela é considerada há séculos como a erva medicinal mais importante. De acordo com o centro médico da Universidade de Maryland, Estados Unidos, a valeriana já era utilizada para aliviar a ansiedade no início do século segundo, mas demorou até este século para que os pesquisadores começassem a desvendar os segredos de sua eficiência. Agora, os estudos sugerem que a valeriana contém compostos até então não identificados que elevam o nível de ácido gama-aminobutírico, ou GABA, no cérebro. Essa é exatamente a forma como os medicamentos classificados como benzodiazepínicos funcionam, embora o efeito da valeriana não seja tão forte.

Loading...

Considerações

O livro do Dr. Pitcairn Complete Guide to Natural Health for Dogs and Cats recomenda a valeriana para tratar ansiedade em cães que se irritam facilmente e que sofrem mudanças rápidas de humor. Segundo o guia, a planta é mais útil para animais que apresentam problemas digestivos relacionados à ansiedade, bem como diarreia e dores nas pernas e juntas.

Dosagem de valeriana para cães ansiosos

O especialista Gregory L.Tilford recomenda iniciar o tratamento de um cão utilizando a valeriana três dias antes do evento causador de ansiedade, afirmando que pequenas doses que se acumulam com o tempo funcionam melhor como sedativos. Ele sugere cinco gotas de tintura de valeriana de três a quatro vezes ao dia.

Valeriana para problemas digestivos relacionados à ansiedade

Tilford também afirma que a valeriana ajuda a aliviar problemas digestivos relacionados à ansiedade. Ele alerta, entretanto, que seu teor de saponina significa que doses elevadas podem causar náusea. Tilford sugere que a tintura seja administrada em doses entre 0,25 e 0,50mL/13kg do peso do cachorro de duas a três vezes ao dia. A tintura de valeriana pode ser encontrada em farmácias homeopáticas e online.

Aviso

Em casos muito raros, a valeriana poderá aumentar a ansiedade do cão, em vez de acalmá-lo. Para estes animais, a escutelária, a passiflora ou até mesmo a erva-dos-gatos podem ser alternativas eficientes.

Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...