×
Loading ...

Vantagens e desvantagens de viver em uma megalópole

Uma megalópole é uma área muito grande e densamente povoada, também conhecida como megacidade. As megalópoles são na verdade redes de cidades com mais de dez milhões de pessoas. Elas têm normalmente um grande número de escritórios empresariais, edifícios residenciais, grandes centros comerciais e armazéns. Elas podem ter muitas vantagens e desvantagens em termos de qualidade de vida e preocupações econômicas (Veja Referências 1).

São Paulo: viver em uma megalópole tende a ser mais caro (Getty Images)

Poluição

As megalópoles são barulhentas, dado o grande número de pessoas. Elas também têm níveis mais elevados de poluição causados por carros e fábricas próximas. Alguns produtos químicos gasosos prejudicam a saúde humana, incluindo compostos orgânicos voláteis, óxidos de azoto, monóxido de carbono e dióxido de enxofre. A poluição do ar causa problemas respiratórios e alguns compostos podem causar câncer.

Loading...

Oportunidades econômicas

Existem mais oportunidades econômicas em megalópoles do que em outras áreas menores. Algumas delas se desenvolveram perto dos principais centros industriais, como as indústrias de São Paulo. Outras cidades são construídas perto de portos, pois têm oportunidades de trabalho relacionadas a transporte, importação e exportação. As megalópoles surgem porque um grande número de pessoas se estabelece em uma área em particular devido a uma abundância de oportunidades de emprego.

Governo

Quando uma megalópole cresce muito e de forma rápida demais, os governos podem ter dificuldades para se adaptar e gerenciar tudo. Por exemplo, uma agência governamental em uma megalópole pode não conseguir lidar com as catástrofes naturais, resultando em um maior número de pessoas desaparecidas. A megalópole pode colocar maior pressão sobre os recursos, uma vez que há um maior número de pessoas para alimentar e maiores demandas de água. A escassez causada por conflitos políticos ou desastres naturais pode levar a maiores carências nessas cidades.

Empregadores

Os empregadores se beneficiam em megalópoles, uma vez que existem pessoas instruídas e treinadas, além de uma força de trabalho mais diversificada. Mais estabelecimentos de ensino e formação nas megalópoles ajudam a desenvolver essa força de trabalho treinada. Grandes demandas de pessoas melhoram as chances de que algumas delas tenham grandes ideias, o que pode contribuir para o crescimento de empresas, gerando lucros e experiências enriquecedoras.

Interação social

As megalópoles têm mais pessoas próximas entre si, o que dá mais oportunidades para a interação social. Elas têm mais variedades culturais, etnias, estilos de vida variados e comunidades distintas, fazendo com que os moradores tenham mais acesso a perspectivas únicas. Aqueles com interesses distintos são mais propensos a encontrar outras pessoas com interesses comuns. No entanto, o aumento da diversidade também aumenta as chances de que conflito entre grupos culturais, sócio-econômicos e políticos.

Opções

Há mais opções de comércio e no setor sem fins lucrativos de uma megalópole. Pelo fato de haver uma maior gama de organizações sem fins lucrativos, mais organizações podem sobreviver e prestar serviços especializados para populações específicas. Além disso, as empresas podem oferecer produtos especializados que provavelmente não venderiam muito bem em áreas menos povoadas. As empresas têm mais acesso a diferentes fontes de capital e serviços de uma megalópole.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...