Ablação por radiofrequência para o tratamento de dor lombar

Escrito por contributing writer | Traduzido por elisa lacerda de freitas
Ablação por radiofrequência para o tratamento de dor lombar

Ablação por radiofrequência para o tratamento de dor lombar

Photos.com/Photos.com/Getty Images

A ablação por radiofrequência é uma opção de tratamento para a dor lombar. Ela funciona por meio de uma sonda que produz calor localizado. Essa sonda entra em contato com um nervo, causando uma redução na sensação de dor.

Outras pessoas estão lendo

Tipos

A termocoagulação por radiofrequência destrói as fibras nervosas com um eletrodo aquecido a 50 a 80 graus Celsius. A radiofrequência pulsátil paralisa temporariamente as fibras nervosas com um eletrodo que produz menos calor do que a termocoagulação.

Benefícios

A redução da dor lombar é o benefício principal da ablação por radiofrequência. O procedimento ambulatorial é minimamente invasivo e a recuperação é rápida.

Efeitos colaterais

Os possíveis efeitos colaterais da ablação por radiofrequência incluem hemorragia, infecção e aumento da dor.

Procedimento

Um anestésico local é injetado sob a pele, seguido por uma agulha que é guiada para o nervo por meio da fluoroscopia, um tipo de raio-X. Assim que ela alcança o local específico, um eletrodo é inserido dentro da agulha que, por sua vez, é aquecida. As fibras nervosas são destruídas ou paralisadas.

Alvo

A área responsável pela dor lombar consiste no nervo occipital maior, que transmite as sensações de dor das articulações da coluna vertebral até o cérebro.

Não deixe de ver

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media