Saúde

Como a AIDS é transmitida?

Escrito por sabrina dillman | Traduzido por edeburges maria mello de souza edeburges

Outras pessoas estão lendo

Como a AIDS é transmitida?

Entenda mais sobre HIV e AIDS

Comstock/Comstock/Getty Images

HIV e AIDS

Tecnicamente duas doenças diferentes, HIV (Vírus da Imunodeficiência Humada) e AIDS (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida). Isso pode ser considerado duas fases de uma doença auto-imune. HIV é a infecção inicial do vírus, que funciona de duas maneiras: mata as células imunológicas saudáveis e engana o corpo para atacar a si mesmo, destruindo as células infectadas. AIDS é quando o sistema imunitário é reduzido e o corpo fica suscetível a ''infecções oportunistas'', ou infecções que, geralmente não são fatais, mas com a AIDS o corpo fica sem capacidade de reagir.

Métodos de transmissão

HIV/AIDS geralmente é transmitida através de relações sexuais (vaginal, oral e anal), filho de mãe infectada, compartilhamento de agulhas e equipamentos de injeção. Essas atividades são marcadas por fluidos corporais que apresentam uma concentração maior de HIV (sangue, sêmen, secreção vaginal e leite materno). O sexo oral tem uma taxa de transmissão mais baixa, no entanto, aumenta drasticamente quando se tem feridas abertas ou sangue na boca. Isso pode ocorrer a partir de algo tão simples como o uso do fio dental ou escovação da gengiva. Para qualquer ligação, a taxa de transmissão do HIV/AIDS aumenta quando há sangue ou ferida. Isso também é válido para o beijo. Apenas quando não há sangue nem ferida o risco de transmissão entre um beijo casual é menor, de boca fechada não existe risco. Um em cada quatro bebês nascidos de mães infectadas é soro positivo. Ele pode ser infectado durante a gravidez ou durante o parto. Após o nascimento, o bebê corre risco de transmissão quando exposto ao leite materno de uma mãe soro positiva. A transmissão do HIV/AIDS pelo uso de agulhas sujas ou compartilhadas se dá devido a probabilidade de sangue nesses instrumentos. Embora o uso de drogas seja o exemplo mais comum de transmissão do HIV com agulhas, é melhor ter cuidado em todas as atividades que envolvam estas ferramentas ou qualquer outro tipo de instrumento onde possa conter sangue, como fazer uma tatuagem ou colocar um piercing, acupuntura ou barbearias. Por menor que seja a gota de sangue infectada, é o suficiente para transmitir a doença, por isso certifique-se de que todo equipamento utilizado esteja limpo e que seja descartável.

Prevenção

Para identificar e evitar métodos de transmissão, é bom estar familiarizado com os fluidos que contém altos níveis de HIV e práticas de precaução, quando estes estão presentes. Caso a situação envolva sangue, como cuidados de saúde ou ajuda a uma pessoa ferida, use luvas. Além de áreas da pele que estejam feridas, proteja os olhos e a boca, já que estes também são pontos de entrada para o corpo. Picadas de inseto, no entanto, não são um método de transmissão documentado. Para prevenir a transmissão sexual, o melhor método é a abstinência, mas o segundo melhor é o uso regular e adequado de preservativos de látex. Ser cauteloso e informado é o primeiro passo para evitar uma transmissão do HIV/AIDS.

Não deixe de ver

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media