Alimentos ricos em cloreto de magnésio

Escrito por william lynch | Traduzido por eduardo marcal
Alimentos ricos em cloreto de magnésio

Comidas ricas em cloreto de magnésio podem ser benéficas para a saúde

nmcandre/iStock/Getty Images

Apesar de ser essencial para nossa saúde, o cloreto de magnésio, assim como todos os minerais, não é produzido por nossos corpos. Assim, ele precisa ser consumido através dos alimentos ou suplementos. Se alimentar de comidas ricas em cloreto de magnésio pode ter efeitos incrivelmente benéficos para o bem estar geral.

Outras pessoas estão lendo

Fatos

Cloreto de magnésio é, na verdade, um composto feito de sais altamente solúveis. Isso permite que ele seja facilmente quebrado em íons de magnésio que são absorvidos pelo corpo. Esse elemento químico é encontrado em nosso todo corpo, porém se acumula, principalmente, nos ossos e músculos.

Benefícios

O magnésio é essencial para praticamente todas as funções do corpo, incluindo o sistema cardiovascular, digestivo e nervoso. Ele ajuda a ativar mais de 300 enzimas e tem um papel importante no metabolismo de carboidratos, gorduras e proteínas. Ele é ótimo para reduzir o estresse, uma vez que relaxa músculos e nervos, além de fortalecer ossos e ajudar na circulação sanguínea.

Tipos

A dose recomendada de magnésio, para adultos, é de 420mg e por sorte existem vários alimentos que, além de deliciosos, são ricos nesse valioso mineral. Tofu e outros produtos à base de soja são ótimas fontes de cloreto de magnésio, assim como espinafre e acelga. Outros vegetais ricos são, por exemplo: aspargo, brócolis, nabo, abobrinha, vagem, pepino e couve-de-bruxelas. Feijões, como o preto, o feijão-de-lima e o branco são todos ricos em magnésio. Peixes, principalmente o salmão, o arinca (ou hadoque) e o albacora (ou albacora-cachorra), são outra fonte privilegiada. O mesmo pode ser dito das nozes e sementes, como as de abóbora, linhaça, girassol, gergelim, mostarda, amêndoas e castanhas-do-pará, caju, avelãs e amendoins. Com tantas opções de alimentos ricos em magnésio, deve haver pelo menos um para cada dieta.

Considerações

Pessoas com problemas gastrointestinais e má digestão possuem mais chances de sofrer uma deficiência de magnésio uma vez que essas doenças podem prejudicar a absorção do mineral. Estresse físico, incluindo trauma (lesão por impacto), cirurgias e até mesmo um resfriado podem contribuir para uma deficiência desse composto. Os sintomas da falta de magnésio incluem fraqueza muscular, tremores e espasmos. Deficiências graves podem inclusive afetar o músculo cardíaco, o que pode levar a arritmias, contrações irregulares e aumento da frequência cardíaca. Deve-se prestar atenção a outros sintomas, como enfraquecimento dos ossos, aumento da pressão arterial, dores de cabeça, depressão, náusea e falta de apetite.

Avisos

É mais saudável conseguir minerais e nutrientes da comida. Ao usar um suplemento alimentar, sempre há o risco de uma overdose. Consumir mais de 1g de magnésio por dia pode levar a intoxicação, cujo sintoma mais comum é a diarreia. Pode causar ainda tontura e sensação de fraqueza por todo o corpo.

Não deixe de ver

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media