Alta contagem de leucócitos

Escrito por josie ribeiro
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Alta contagem de leucócitos
Através do exame de sangue é possível saber a quantidade de leucócitos (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

Os leucócitos, ou glóbulos brancos, são células produzidas na medula óssea e encontradas no sangue. Responsáveis por combater agentes causadores de doenças, os leucócitos capturam organismos estranhos e produzem anticorpos, proteínas que identificam e neutralizam possíveis causadores de patologias. Em uma pessoa sadia, a contagem dessas células fica entre 5 e 11 mil por milímetro cúbico de sangue. Mas o que significa quando o exame apresenta uma quantidade superior?

Outras pessoas estão lendo

Leucemia

A leucocitose, aumento do número de leucócitos, pode ter um resultado alarmante, como a leucemia. Nessa patologia, os glóbulos brancos perdem seu poder de defesa do organismo, além de serem produzidos de forma descontrolada e ineficaz, sendo lançados na corrente sanguínea antes de estarem preparados para sua função. Os principais sintomas são: anemia, cansaço, sangramentos nasais e gengivais, manchas roxas e vermelhas na pele, febre, infecções, dores nos ossos e nas articulações.

Infecção

Outra desordem que resulta em leucocitose é a infecção. Seja ela bacteriana, viral, fúngica ou parasitária, caracteriza-se como uma invasão de microrganismos estranhos que tentam infestar o organismo hospedeiro e utilizar seus próprios recursos para se disseminarem. Uma resposta comum do corpo a essa situação são as inflamações na área afetada. Aqui cabe uma recomendação especial: não utilize antibióticos sem prescrição médica. As bactérias vão se tornando resistentes ao remédio e se proliferam sem ameaças.

Estresse

Ao interpretar alguma ocasião como estressante, nosso cérebro prepara o organismo para uma série de alterações denominadas Síndrome Geral da Adaptação ao Estresse. Nessa síndrome, a primeira fase deixa o corpo em alerta, na segunda, de adaptação, o indivíduo responde ao problema com aumento no volume da supra-renal, atrofia do baço e das estruturas linfáticas e crescimento do número de leucócitos. Como a energia para se adaptar à ameaça não é ilimitada, o corpo entra no Estado de Esgotamento, terceira e última fase, caracterizado pela falha na adaptação.

Procure um médico

Antes de se alarmar com os exames e com possíveis sintomas, procure um médico. Pequenas alterações na contagem podem significar uma pequena e quase inofensiva infecção, mas mesmo que o número seja significativo, é preciso estar relacionado com outras alterações em seus testes sanguíneos para ser de fato uma doença grave. Somente um profissional de saúde munido de seus resultados e histórico clínico pode avaliar e determinar sua patologia.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível