Alternativas naturais para tratar a prostatite crônica

Escrito por frank dioso | Traduzido por ana rodrigues
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Alternativas naturais para tratar a prostatite crônica
A ioga é uma das práticas que podem ajudar a aliviar a dor causada pela condição (Hemera Technologies/PhotoObjects.net/Getty Images)

A prostatite crônica é a inflamação e o inchaço da próstata que evolui lentamente e continuamente por um longo tempo. Pessoas com essa condição sofrem de calafrios, febre e persistente dor na virilha. Isso acontece, principalmente, devido a uma infecção bacteriana, que incha a glândula da próstata, causando dor durante a micção, e induz sintomas gripais constantes. Esse guia apresentará alternativas fitoterápicas para o tratamento da prostatite crônica.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Tome comprimidos de quercetina. Ela é um flavonoide potente que pode ajudar a reduzir a dor, infecções bacterianas e o inchaço associado à condição. Você também pode comer frutas cítricas, como laranja, toranja e limão. Tome um comprimido, uma vez por dia, de preferência na parte da manhã.

  2. 2

    Consuma cápsulas à base de extrato da palmeira-anã. Os derivados dessa planta poderosa ajudam a reduzir antígenos específicos da próstata, diminuindo o inchaço e a inflamação. Tome dois comprimidos duas vezes por dia, de preferência entre as refeições.

  3. 3

    Tome suplementos de zinco. Esse mineral tem propriedades anti-inflamatórias. Ele funciona através da redução da próstata estendida, ajudando o seu sistema imunológico no combate à infecção bacteriana associada à prostatite. Tome um comprimido de zinco por dia.

  4. 4

    Consuma cápsulas de quercetina. Os fortes ingredientes biológicos presentes na planta são chamados de bioflavonoides. Esses compostos ajudam a reduzir a dor e inflamação associada à doença. Tome dois comprimidos com as refeições todos os dias.

  5. 5

    Tome os comprimidos à base do extrato da casca da ameixeira africana (Pygeum africanum). O componente ativo da árvore é o fitosterol. Esse composto ajuda a reduzir a infecção bacteriana, a inflamação e o inchaço da próstata. Ele também pode ajudá-lo a urinar de forma menos dolorosa. Tome um comprimido todos os dias, de preferência antes de ir para a cama.

  6. 6

    Faça exercícios de ioga. Ela pode aliviar a dor associada à prostatite crônica, relaxando os músculos abdominais e da base da pélvis. Ela também pode aliviar o estresse e a ansiedade.

  7. 7

    Faça acupuntura. A acupuntura trabalha estimulando os receptores das células nervosas da área afetada, diminuindo a dor causada pela prostatite crônica. Contate um terapeuta de acupuntura em sua área para descobrir como esse tratamento pode ajudar a reduzir a inflamação e a dor.

Dicas & Advertências

  • Nunca inicie um tratamento à base de plantas sem antes consultar o seu médico.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível