De qual tipo de árvore os bichos-da-seda se alimentam?

Escrito por daniella lauren | Traduzido por luciana p. s. lopes
De qual tipo de árvore os bichos-da-seda se alimentam?
Embora associada à Ásia, a seda é atualmente cultivada na Espanha, França e Itália (Image by Flickr.com, courtesy of Thomas Quine)

Os bichos-da-seda se alimentam naturalmente das folhas da amoreira e não sobrevivem se alimentando se outras plantas. Como alternativa, foi criado um alimento artificial, disponível para compra online, a partir das folhas dessa árvore para quando não estiverem disponíveis.

História

Os bichos-da-seda têm sido apreciados por sua seda bruta há mais de 5000 anos. A fabricação da fibra tem origem na China e espalhou-se por toda a Ásia. No século XI, negociantes europeus contrabandearam alguns insetos e folhas de amoreira, a fim de cultivá-los em seus países. Durante a época colonial, os bichos-da-seda foram levados para os Estados Unidos, embora o clima tenha se mostrado inadequado.

Habitat

Hoje em dia, os bichos-da-seda são totalmente domesticados e não existem na natureza.

Educação

Os bichos-da-seda podem ser comprados para uso em projetos científicos e de observação em sala de aula. Procure comerciantes online ou educadores locais que possam conhecer fornecedores na região.

Ciclo de vida

Os bichos-da-seda têm três estágios distintos: larva, pupa e adulto. Todo o ciclo de vida dura poucos meses: a fase de larva dura entre 20 e 25 dias; a fase de casulo dura cerca de 18 dias e a fase adulta dura de 7 a 10 dias.

Coletando a seda

A seda bruta pode ser coletada colocando os casulos intactos em água fervente por cinco minutos e virando-os com cuidado. Uma fibra solta de seda é localizada e cuidadosamente enrolada em um lápis. São necessárias várias fibras de seda para formar um único fio.

Fatos interessantes

São necessários cerca de 3000 casulos para produzir meio quilo de seda.