Quanto de beiral para telhado de metal

Escrito por bob haring | Traduzido por lucas de barros
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quanto de beiral para telhado de metal
Este telhado de metal possui um beiral curto (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

O telhado de metal é feito de aço galvanizado ou alumínio. Ambos produzem dois tipos básicos de cobertura metálica: corrugada ou com juntas verticais. A corrugada possui cumes e sulcos alternados que são instalados sobrepondo-os às costuras. Já as juntas verticais, conhecidas também por painéis estruturais, têm amplas áreas planas com elementos de suporte verticais, que fazem o papel das costuras. Para encaixar, a parte plana de um painel desliza dentro de uma ranhura do adjacente.

Outras pessoas estão lendo

Metal para qualquer construção

Os telhados metálicos podem ser usados em qualquer altura ou inclinação. A associação norte americana de construtores de telhados recomenda os painéis estruturais para os telhados planos ou de baixa declividade, embora os ondulados sejam utilizados em algumas áreas sem muita neve, já que são mais propensos a dobrar sob cargas pesadas. As juntas verticais são populares em algumas regiões de montanha e neve pesada, para que ela deslize facilmente para fora de sua superfície lisa.

Beirais pequenos

A maioria desses telhados é instalada com pouco ou nenhum beiral, seja em bordas de calha ou em espigões, pois tendem a dobrar sob cargas pesadas. Um beiral comum tem de 5 a 10 cm ou menos. Os curtos são recomendados, em conjunto com uma pingadeira, para evitar infiltração de água sob o telhado e nas madeiras subjacentes. O metal é preferivelmente instalado sobre vigas ao invés das coberturas sólidas utilizadas sob outros materiais.

Beiral com suporte

Você pode instalar as coberturas metálicas com beirais maiores se você apoiá-las. Algumas delas têm calhas de madeira moldadas que se estendem por alguns centímetros além da parede da casa ou galpão para apoiá-las. Essa estrutura mantem o gotejamento da neve ou do gelo mais distantes das paredes, sem o perigo de o telhado dobrar sob o peso.

Acúmulo de gelo

Os telhados de baixa inclinação estão mais sujeitos a danos por acúmulo de neve do que os mais íngremes e, por isso, geralmente possuem pouco ou nenhum beiral que possa dobrar. Os telhados mais inclinados normalmente não exigem muito beiral porque a neve e o gelo deslizam para fora da superfície com facilidade. A maioria dos construtores de coberturas recomendam algum método para evitar o acúmulo de gelo nos telhados de metal. Eles escorrem quando derretem, mas em seguida re-congelam nas bordas do telhado que normalmente recebe menos calor do interior do edifício.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível