Mais
×

Como Fazer Um Bordado de Flor Com Ponto Caseado

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

Uma flor em ponto caseado é uma técnica de bordado interessante, fácil de aprender e de usar em vários projetos diferentes. O ponto caseado básico é utilizado para caseados feitos à mão e para artesanato em feltro, assim como para muitos projetos de arte popular em tecido. A flor em caseado é um tanto sofisticada e se parece mais com o ponto cheio; é feita com linha para bordado.

Instruções

A flor de ponto caseado é uma técnica fácil de aprender (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)
  1. Prepare a linha. Corte cerca de 12 polegadas (aproximadamente 30,5 centímetros) de linha de bordar de seis fios do pacote e divida em três fios. Coloque um dos fios na agulha.

  2. Traga a agulha da parte de trás do tecido até a frente, aproximadamente no centro de onde deseja que a flor esteja posicionada. Fure o tecido com a agulha onde a extremidade do ponto deveria estar e suba novamente até o centro. Enrole a linha entre a agulha e o tecido e puxe a agulha até atravessar. Puxe levemente, e traga o laço até a extremidade do desenho de flor.

  3. Continue em círculo. Faça o ponto caseado em volta para formar o centro da flor. Quando tiver completado um centro, mude as cores ou continue com a mesma cor.

  4. Comece uma segunda fileira. Fure o tecido com a agulha abaixo da extremidade da primeira fileira e onde quiser que a segunda fileira termine. Faça o primeiro ponto caseado naquela fileira e puxe a agulha através e até a extremidade.

  5. Borde a segunda fileira. Faça-a próxima à primeira, maior ou menor, ondulada ou com pétalas. Posicione os pontos caseados próximos uns dos outros para criar um visual de seda. Este ponto é mais bonito que o ponto cheio para algumas flores porque cria uma crista ao redor da borda. O ponto caseado também cria um relevo que dá alguma profundidade à flor.

O que você precisa

  • Tecido
  • Agulha afiada
  • Linha para bordado
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article