Bridge vs repetidor wireless

Escrito por stephen byron cooper Google | Traduzido por david henrique pires ferraz
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Bridge vs repetidor wireless
Veja as diferenças dos efeitos entre os aparelhos (George Doyle/Stockbyte/Getty Images)

Bridges e repetidores wireless são dois dispositivos de rede. A versão sem fio de um repetidor chama-se "ampliador de alcance". Um bridge permite que dispositivos que não sejam wireless se conectem a redes do tipo. Esses dois aparelhos têm muito pouco em comum.

Outras pessoas estão lendo

Bridge

Um bridge de rede conecta dois segmentos de rede. Em ambientes comerciais, o bridge é usado para dividir redes grandes em segmentos e assim reduzir o número de computadores disputando as seções da rede. Em redes domésticas, dispositivos que habilitam equipamentos sem wireless a se conectarem a uma rede sem fio são vendidos como bridges wireless, ou ethernet. A premissa é que o bridge liga o equipamento sem funcionalidade wi-fi por um cabo, e à rede sem fio através de um transmissor de rádio. Portanto, o bridge wireless conecta os segmentos sem fio e cabeado de uma rede doméstica.

Repetidores

Um repetidor aumenta o sinal viajando através de um cabo de rede. A voltagem do sinal se deteriora depois de uma certa distância. Isso se chama "atenuação". Se houver uma grande distância que deve ser coberta via cabo, dois deles são conectados por um repetidor. O aparelho aumenta a voltagem do sinal para que ele possa viajar pelo segundo segmento do caminho com força renovada. O repetidor não resolve outras limitações do comprimento do cabo, no entanto, que é a distorção. O repetidor aumenta todos os sinais, incluindo a interferência.

Ampliadores de alcance

Uma comparação melhor entre bridges e repetidores pode ser feita com a contraparte wireless do repetidor — o repetidor wireless, ou ampliador de alcance. Esse aparelho é um amplificador. Quando posicionado no limite do sinal de uma rede sem fio, ele faz com que o sinal fique disponível para áreas além do alcance original do roteador. O alcance do sinal do repetidor sobrepõe o do roteador, habilitando a transmissão do sinal de transmissores fora do alcance do roteador, mas ao alcance do repetidor, de volta para o roteador.

Comparação

Apesar dos ampliadores alcançarem áreas além do alcance do roteador central, eles também retransmitem todo o tráfego do roteador, criando congestionamento e diminuindo a velocidade da internet. Um bridge wireless pode ser usado como transmissor em um local remoto, carregando os sinais de volta por cabo para outro bridge dentro do alcance do roteador. Isso elimina os problemas dos sinais de roteadores sendo repetidos de volta para ele, já que o bridge não repete automaticamente todos os sinais que recebe. Notebooks dentro do alcance do bridge remoto comunicam-se via wireless, e então pelo cabo, e daí novamente via wireless para o roteador. Alternativamente, o fio do bridge remoto pode ser passado diretamente até o roteador e ser conectado a uma porta. Outro método é usar o sistema de fiação elétrica da casa para carregar os sinais do bridge de volta para o roteador. O repetidor wireless oferece uma solução exclusivamente wireless para cobrir áreas fora do alcance. O bridge combina tecnologias de rede wireless e cabeada.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível