Lazer e cultura

Cachorro com sangramento no focinho e boca

Escrito por layne wood | Traduzido por pedro santos
Cachorro com sangramento no focinho e boca

Sangramento do focinho e boca é um problema sério

chocolate lab dog nose image by Paul Retherford from Fotolia.com

Se seu cachorro estiver sangrando do nariz e da boca, procure cuidados veterinários o mais rápido possível. Os cachorros não têm sangramentos de “nariz” do mesmo modo que os humanos. Sangramento do focinho, ou epistaxe é um sintoma comum de tumores. Sangramento da boca pode ser resultado de um ferimento na boca, como uma laceração ou dente quebrado, mas também pode indicar sangramento interno.

Outras pessoas estão lendo

Primeiros socorros para epistaxe

Se o focinho de seu cachorro estiver sangrando, tente controlar o sangramento e leve seu cão ao veterinário rapidamente. Apesar de isso ser alarmante, não entre em pânico. Seu cão irá sentir seu medo e isso pode elevar sua pressão sanguínea, agravando sua doença. Mantenha seu cão o mais calmo e parado que puder. Aplique uma compressa ou pacote de gelo na ponta do nariz, mas não obstrua as narinas. O frio irá fazer com que os vasos sanguíneos se contraiam, diminuindo o sangramento.

Sangamento bucal

Examine a boca do seu cachorro e verifique se há lacerações, sinais de gengivite ou danos nos dentes. O cão pode ter comido algo pontiagudo, como um pedaço de metal ou vidro. Se não houver nenhum sangramento visível na boca, o cachorro pode ter um sangramento interno, resultado comum de trauma físico. Se o cachorro também estiver sangrando no focinho, o sangramento oral pode ser resultado de um sangramento no focinho vazando para a garganta. Nesse caso, o cachorro pode apresentar vômitos com sangue e pode eliminar fezes pretas com consistência de piche.

Infecções nasais

Uma infecção por fungo no focinho é causa comum de diversos sangramentos nasais caninos. Seu veterinário pode fazer um exame de sangue, mas, devido ao fato de existirem diversos tipos de fungos que podem infectar as passagens nasais de um cachorro, o exame de sangue nem sempre é necessário. Cães também podem sofrer de infecções nasais bacterianas ou causadas por parasitas que podem causar sangramentos.

Tumores e cânceres

Diversos tipos de câncer podem causar sangramentos no focinho por engrossar o sangue, o que resulta em pressão extra, rompendo os vasos sanguíneos. Linfomas, mielomas e alguns tipos de leucemia podem causar esses sintomas. Tumores localizados nas cavidades nasais também causam sangramento. Tumores caninos no focinho com frequência ocorrem em cães mais velhos de determinadas raças, incluindo basset hounds, collies, Labrador retrievers e outras. Esses tumores podem ser benignos ou malignos.

Outras causas

Existem diversas outras causas possíveis para epistaxe. Traumas são responsáveis por quase um terço de todos os casos de epistaxe canina. Isso pode resultar de um golpe na cabeça ou de ser atropelado. Hipertensão, ou pressão alta, pode fazer com que os vasos sanguíneos do focinho se rompam. Em alguns caso, um dente superior formou um abscesso e penetrou na cavidade nasal.

Diagnóstico

Seu veterinário pode ter de fazer vários testes para descobrir a causa por trás da epistaxe ou sangramento oral. Isso pode incluir exames de sangue, raios X, exames nasais, endoscopias, biópsias e cirurgias. Alguns desses procedimentos podem precisar de anestesia.

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media