×
Loading ...

Como calcular o ciclo de trabalho de uma onda quadrada

Atualizado em 17 abril, 2017

As ondas quadradas são comumente usadas ​​em música eletrônica para produzir som, e em circuitos eletrônicos para cronometragem e modulação por largura de pulso. Uma onda quadrada perfeita terá um ciclo de trabalho, que é o período de tempo em que a forma de onda está acima do eixo X, que é igual a 50%. Ao descobrir o ciclo de trabalho de uma onda que se parece com uma onda quadrada, é possível descobrir se ela é realmente uma onda quadrada ou a mais comum onda retangular.

Instruções

Um osciloscópio pode ser usado para medir o ciclo de trabalho de uma onda quadrada (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)
  1. Meça o comprimento do ciclo da forma de onda quadrada com uma régua. Se estiver usando papel milimétrico ou um osciloscópio, conte o número de quadrados ocupados pela forma de onda na grade. O ciclo é o comprimento total da forma de onda, e pode ser encontrado através da medição da distância a partir do primeiro cruzamento zero, que é o ponto em que a forma de onda encontra a coordenada 0 no eixo Y, ao terceiro cruzamento zero. Anote o comprimento do ciclo em uma folha de papel.

    Loading...
  2. Meça a parte da forma de onda acima do eixo X com a régua ou contando o número de quadrados ocupados no papel milimétrico ou osciloscópio. O eixo X é a linha horizontal que atravessa as coordenadas 0,0 do X e do Y em um gráfico. Anote a medição. Esse é o comprimento do ciclo de trabalho.

  3. Divida o comprimento do ciclo de trabalho pela duração do ciclo da onda quadrada. Multiplique o resultado por 100 para converter o número para termos de percentagem. Se o resultado for igual a 50%, a forma de onda é uma onda quadrada e o ciclo de trabalho é de 50%. Se o resultado for superior ou inferior a 50%, a forma de onda é uma onda retangular.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...