Como calcular magnitude

Escrito por mark kennan | Traduzido por andré bastos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

A magnitude de um vetor é o quão longo ele é nas três dimensões. O comprimento é calculado usando uma variação do Teorema de Pitágoras devido aos triângulos retângulos que são formados quando o vetor é dividido em componentes. As componentes de um vetor podem representar as diferentes forças atuando sobre um objeto, e a magnitude do vector representará o valor da força total.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Coordenadas do vetor
  • Calculadora

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Determine as coordenadas do ponto final do vetor. Por exemplo, um objeto tendo três forças empurrando contra ele (uma empurrando 3 unidades para a direita, uma empurrando 4 unidades para cima e uma empurrando 12 unidades para trás) teria as coordenadas (3, 4, 12).

  2. 2

    Calcule a raiz quadrada de x^2 + y^2, onde x é a coordenada x e y é a coordenada y. Neste exemplo, x seria 3 e y seria 4, de modo que esse valor seria 5.

  3. 3

    Use o número calculado como "a" e a coordenada z como "z" e calcule a raiz quadrada de a^2 + z^2. Este número será a magnitude do vetor. Por exemplo, cinco ao quadrado mais 12 ao quadrado é 169. A raiz quadrada de 169 é 13. Portanto, a magnitude do vetor é 13.

Dicas & Advertências

  • Sinais positivos e negativos não importam ao buscar a magnitude de um vetor porque os números estão ao quadrado.
  • Se a sua magnitude é menor do que todos os vetores, reavalie o seu trabalho pois você cometeu um erro.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível