Câncer no colo do útero durante a gravidez

Escrito por kelly shetsky | Traduzido por luiza horbach
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Câncer no colo do útero durante a gravidez
Problemas cervicais não alteram a gravidez

Mulheres que tiveram muitos parceiros sexuais, estiveram no controle de natalidade por um longo tempo, sofrem de papilomavírus humano ou tiveram o resultado do exame Papanicolau irregular, são mais propensas a ter câncer no colo do útero. A condição pode ocorrer em mulheres antes, durante ou após a gravidez.

Outras pessoas estão lendo

Efeitos

De acordo com o Dr. William Rich, um problema cervical não afeta a gravidez. Ainda assim é melhor verificá-lo para determinar se é câncer ou não.

Tipos

Ao lidar com problemas cervicais, você deve fazer o exame para excluir ou diagnosticar o câncer cervical invasivo. Isso pode ser feito com uma colposcopia.

Considerações

Se você tem uma condição pré-maligna no colo do útero, o Dr. William Rich diz que é possível esperar o bebê fazer seis semanas para avaliar e tratar.

Teste

Para diagnosticar o câncer do colo do útero, o médico deve fazer uma biópsia ou biópsia em cone. O exame pode ser feito em mulheres grávidas.

Cronograma

É melhor fazer biópsias no início do segundo trimestre porque o risco de um aborto espontâneo é menor. O risco de um aborto no primeiro trimestre é de cerca de 20%. Se você esperar até o terceiro trimestre, há risco de causar o parto com a manipulação cervical.

Tratamento

Se o câncer no colo do útero é diagnosticado durante a gravidez, você passará pela mesma linha de tratamento que as mulheres que não estão grávidas. No entanto, o tratamento provavelmente será adiado até depois da 24 ª semana de gestação, para se certificar de que o bebê está maduro o suficiente para nascer.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível