O carbonato de magnésio e a diarreia

Escrito por nacie carson | Traduzido por alisson dantas
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O carbonato de magnésio e a diarreia
O carbonato de magnésio é uma forma de magnésio (vitamins image by Keith Frith from Fotolia.com)

O carbonato de magnésio é uma forma do mineral magnésio, um elemento natural. Ele é importante para uma variedade de funções no corpo humano, incluindo o desenvolvimento ósseo e a tonicidade muscular. Além disso, ele também pode ser tomado por via oral, na forma de suplemento para aliviar a azia e indigestão. No entanto, quando tomado em excesso através de alimentos ou por meio de suplementos, o carbonato de magnésio pode causar diarreia e cólicas abdominais.

Outras pessoas estão lendo

Função

O carbonato de magnésio funciona no organismo em conjunto com o cálcio para gerenciar a função das células dentro dos músculos. O cálcio promove a dureza e rigidez, enquanto o carbonato de magnésio promove o relaxamento e suavidade do tecido. Quando o corpo tem a proporção adequada de cálcio em relação ao carbonato de magnésio (2:1), os ritmos adequados dos musculares ocorrem, especialmente no trato digestivo. No entanto, quando muito carbonato de magnésio é ingerido através de alimentos e suplementos, os músculos do trato digestivo tornam-se muito suaves e relaxados, fazendo com que o alimento passe mais rapidamente e seja eliminado como diarreia.

Considerações

O carbonato de magnésio é encontrado em uma variedade de alimentos diários e é encontrado principalmente em concentração elevada nas dietas vegetarianas. Dietas que são ricas nesses alimentos sem quantidades complementares de alimentos ou suplementos contendo cálcio podem levar à diarreia. Esses alimentos incluem espinafre, brócolis, nabo, feijão verde e uma variedade de sementes, como linhaça e sementes de girassol.

Prevenção/Solução

Para reduzir ou prevenir a diarreia causada pelo carbonato de magnésio, um indivíduo pode reduzir a ingestão de alimentos ricos em magnésio ou aumentar a quantidade de alimentos ricos em cálcio que ele ingere. Alguns bons exemplos de alimentos ricos em cálcio incluem leite, queijos, iogurte, feijão branco e laranja. Outra solução possível é tomar um suplemento de cálcio. O Instituto Nacional de Saúde americano define a dose diária de cálcio em 1.000 mg. Uma solução final para reduzir ou prevenir a diarreia causada por carbonato de magnésio é adicionar um suplemento de fibra diariamente para diminuir a passagem das fezes pelo intestino.

Aviso

É importante não remover completamente o carbonato de magnésio da dieta diária, pois ele contribui para várias funções físicas fundamentais. O perigo de deficiência de carbonato de magnésio inclui náuseas, fraqueza, fadiga, perda de peso, contrações musculares, espasmos musculares e ritmos cardíacos anormais. Os baixos níveis de carbonato de magnésio podem também reduzir a quantidade de potássio no sangue, o que pode causar outros problemas de saúde.

Potencial

Embora o carbonato de magnésio possa causar diarreia quando uma grande quantidade é ingerida, ele é um mineral valioso que não deve ser evitado devido ao seu potencial para manter o intestino funcionando bem. Suplementos de carbonato de magnésio (na forma de vitamina) são frequentemente recomendados como um tratamento livre de produtos químicos para a insônia, constipação e dor muscular. Ele também é muitas vezes tomado regularmente por fisiculturistas e outros atletas profissionais para prevenir cãibras musculares após os treinos. Antes de adicionar ou remover o carbonato de magnésio em sua dieta, consulte seu médico para aconselhamentos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível