Causas de tremores nas mãos e perda da força de preensão

Escrito por pedro santos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Causas de tremores nas mãos e perda da força de preensão
Casos de tremores nas extremidades devem ser analisados por um médico de confiança (Marili Forastieri/Photodisc/Getty Images)

Tremores involuntários nas mãos e a consequente perda da força de preensão são sintomas relacionados a uma série de diagnósticos diferentes de gravidade variada. Pode ser desde uma crise aguda de estresse até doenças neurológicas graves, como aneurisma cerebral. O problema deve ser avaliado de acordo com a descrição dos sintomas. Se o tremor e a perda da força de preensão atingem as duas mãos, por exemplo, o sintoma pode estar ligado com o comprometimento das funções do Sistema Nervoso Central (SNC). Nesse caso, apenas os exames de um neurologista de confiança podem gerar diagnósticos mais precisos. A ajuda médica é essencial em todos os casos.

Outras pessoas estão lendo

Estresse

Distúrbio relacionado com a vida cotidiana na pós-modernidade, o estresse pode ser causado pelos mais diversos motivos: desde a ansiedade típica de um estudante às vésperas do vestibular até o adulto hipertenso que apresenta um quadro de arritmia cardíaca frequente. O estresse está relacionado com a ansiedade, que nada mais é do que uma resposta do nosso organismo ao ambiente hostil. Biologicamente falando, esse sintoma age no sistema neuroquímico, situado no lobo frontal, e também no Sistema Nervoso Central. Toda crise de estresse apresenta sintomas específicos, como alta irritabilidade, impaciência e inquietação. Mas, nos casos mais agudos, os sintomas podem ser de dor muscular e tensão nas mãos que podem, inclusive, fazer perder a força de preensão temporariamente.

Causas de tremores nas mãos e perda da força de preensão
Entre os sintomas do estresse está o tremor involuntário (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

Esclerose Múltipla

A esclerose múltipla é uma doença inflamatória crônica na qual o sistema imonológico do organismo passa a agredir a chamada bainha de mielina, que nada mais é do que uma capa que protege nossos neurônios. Por essa razão, a esclerose compromete a função do sistema nervoso. A doença costuma atingir pessoas jovens, homens e mulheres na faixa dos 30 anos. Os primeiros sintomas se apresentam de forma bastante sutil, como turvações leves de visão. O problema é que o quadro pode evoluir, atingindo surtos imprevisíveis como fraqueza, tremor prolongado e perda visual temporária. O tratamento da esclerose múltipla é feito com remédios que ajudam a reduzir a intensidade dos surtos e imunossupressores que diminuem o impacto dos sintomas.

Causas de tremores nas mãos e perda da força de preensão
A esclerose múltipla agride os neurônios de forma indireta (Ablestock.com/AbleStock.com/Getty Images)

Aneurisma cerebral

O quadro de aneurisma cerebral é observado quando ocorre uma dilatação na parede da artéria presente em nosso cérebro. A pressão do sangue na artéria faz com que se forme uma bolha que cresce de forma lenta e progressiva. Trata-se de uma doença grave que mata 1/3 dos pacientes doentes, sendo que mais da metade dos sobreviventes apresenta algum tipo de sequela. Os primeiros sintomas de aneurisma só ocorrem quando já houve uma considerável dilatação gradativa dentro do cérebro. Graças a isso, o paciente passa a ter movimentos musculares involuntários, principalmente na região das mãos, braços e cabeça. Outros sintomas são: convulsões, fala prejudicada, alterações motrizes e queda das pálpebras. Nos casos mais agudos, o risco é de uma hemorragia ou compressão de outras partes do cérebro. O tratamento pode ser feito através de cirurgia de retirada do aneurisma.

Causas de tremores nas mãos e perda da força de preensão
O principal tratamento do aneurisma cerebral é via cirurgia (Goodshoot/Goodshoot/Getty Images)

Doença de Parkinson

A doença, também conhecida como Mal de Parkinson, não apresenta causa conhecida. De acordo com as estatísticas, a doença surge em pacientes a partir dos 60 anos de idade. Trata-se basicamente da morte das células cerebrais, sobretudo aquelas responsáveis por produzir a dopamina, hormônio que controla nossos movimentos. Por esse motivo, o paciente com Parkinson perde o controle do movimento na extremidade das mãos. Esse sintoma pode vir acompanhado por depressão, dores diversas e distúrbios do sono. O orientação para tratar do Mal de Parkinson é procurar um médico assim que os primeiros tremores involuntários começarem a se manifestar nas mãos. O tratamento é feito via controle dos tremores, o que pode ser feito por medicação. Com o tratamento adequado, é possível atrasar a evolução dessa doença, que já atinge mais de 400 mil brasileiros.

Causas de tremores nas mãos e perda da força de preensão
A doença de Parkinson atinge pacientes geralmente a partir dos 60 anos de idade (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível