Como fazer o nó chinês da sorte

Escrito por marilla mulwane | Traduzido por jackellyne y. gomes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como fazer o nó chinês da sorte
Vermelho é a cor nacional da China (Henry Gan/Photodisc/Getty Images)

A arte do nó chinês é datada de mais de 100.000 anos atrás, de acordo com a "Cultural and Heritage Commission of the New Jersey State Council on the Arts". Os nós eram usados para medir datas e distâncias, e também representar momentos históricos. Hoje em dia, eles são mais artísticos que funcionais, e usados para decorar casas e negócios. Existem 11 modelos básicos, mas as variações são intermináveis. Alguns são expansíveis, ou mais de um nó pode ser amarrado ao mesmo fio. Por exemplo, o nó de flor pode ter de duas a oito pétalas. Iniciantes devem começar com a versão mais básica, o "nó da boa sorte", e então progredir para os modelos mais difíceis.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Papel quadrado medindo 7,30 cm
  • Barbante medindo 1,30 m
  • Régua
  • Furador
  • Tesoura

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Faça quatro furos no papel usando o furador. Meça 3,30 cm a partir do centro da borda esquerda do quadrado e fure. Repita com as outras três bordas.

  2. 2

    Dobre o barbante ao meio para formar um laço na ponta. Puxe-o para cima através do buraco no topo do papel, de trás para frente, até o laço atingir 7,30 cm. As duas pontas ficarão penduradas pela parte traseira do papel.

  3. 3

    Faça um laço com a ponta esquerda e puxe-o para cima através do buraco esquerdo até atingir 7,30 cm de comprimento. Repita com a ponta direita e o buraco direito. As duas pontas ficarão penduradas pela parte detrás do papel. Puxe as duas pontas para cima através do último buraco. O laço de cima será o “barbante um”, o da esquerda será o “barbante dois”, as duas pontas serão o “barbante três” e o laço da direita será o “barbante quatro”.

  4. 4

    Dobre o barbante "um" sobre o barbante "dois", de modo que ele aponte diretamente para baixo. Dobre o "dois" sobre o "um" e o "três", apontando para a direita. Dobre o "três" sobre o "dois" e o "quatro", apontando para cima. Dobre o "quatro" sobre o "três" e sob o "um".

  5. 5

    Puxe levemente cada barbante para juntá-los no meio do papel. As duas pontas agora apontam para cima e se tornaram o barbante "um". O novo laço da esquerda será o "dois", o novo laço da parte de baixo será o "três" e o laço da direita será o "quatro". A posição dos números continua a mesma, mas os barbantes são diferentes.

  6. 6

    Dobre o barbante "um" sobre o "quatro", apontando-o para baixo. Dobre o "quatro" sobre o "um" e o "três", apontando para a esquerda. Dobre o "três" sobre o "quatro" e o "dois", apontando-o para cima. Dobre o "dois" sobre o "três" e sob o "um". Puxe as pontas para apertar os barbantes.

  7. 7

    Retire o papel do nó cortando-o com a tesoura.

Dicas & Advertências

  • Uma vez que você pegar o jeito em dar nós com o papel, tente sem a ajuda dele.
  • Segure cada laço em uma mão e use a outra para amarrá-los.
  • Aprenda outros nós e faça bijuterias, enfeites ou marcadores de livros. Outros modelos incluem o nó estelar, o botão chinês, a moeda dupla e o nó do tesouro.
  • A cor mais comumente utilizada em trabalhos com nós chineses é o vermelho, mas use qualquer cor que você queira.
  • Barbantes macios são finos e mais difíceis de amarrar. Barbantes duros, ou até mesmo arames, são resistentes e próprios para o trabalho.
  • Tenha cuidado para não cortar o barbante ao remover o papel.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível