Como o colesterol é produzido no figado

Escrito por kevin woodson | Traduzido por aline cortez
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como o colesterol é produzido no figado
O colesterol elevado pode contribuir para a formação de placa arterial (Photo Researchers Inc)

Outras pessoas estão lendo

O que é colesterol?

Apesar de sua má reputação, o colesterol é necessário para a sobrevivência. Ele é um lipídio (gordura) produzido pelo organismo para ajudar a digerir alimentos. A substância também tem participação na síntese de hormônios, membranas celulares, ácidos biliares e vitamina D. O colesterol sanguíneo e colesterol da dieta são muitas vezes confundidos. O sanguíneo (que é medido em exames médicos) refere-se à quantidade de colesterol presente no sangue. A maior parte dele é produzido pelo organismo, mas outra parte vem de alimentos de origem animal, que são ricos em colesterol.

Como o colesterol é produzido?

Cerca de 80% do colesterol do corpo é produzido internamente a partir de nutrientes, estando presente em membranas, tais como as do fígado, do sistema nervoso central (que inclui o cérebro e medula espinal) e dos órgãos reprodutivos. O fígado é o principal produtor de colesterol. Ele produz lipoproteínas (uma combinação de colesterol, proteína e outros compostos) e as libera na corrente sanguínea para se estabeleceram nos tecidos e no plasma sanguíneo. Os outros 20% do colesterol do organismo vêm dos alimentos, tais como laticínios e qualquer tipo de carne.

Colesterol bom vs. ruim

O fígado produz dois tipos de lipoproteínas: as de alta densidade (HDL, muitas vezes chamadas de colesterol "bom") e as de baixa densidade (LDL, o colesterol "ruim"). A principal função do HDL é transportar o LDL de volta ao fígado para eliminação, por isso ele é chamado de o bom colesterol. O HDL corresponde a somente cerca de 20% de colesterol no organismo. O LDL compõe cerca de 80% do colesterol do organismo e é o que geralmente se deposita nas artérias, causando o bloqueio e o estreitamento delas.

Comer muitos alimentos que contenham gorduras saturadas pode fazer com que o fígado produza mais colesterol do que o corpo necessita, o que pode aumentar o risco de problemas cardíacos ou doença arterial coronariana. Altos níveis de colesterol no sangue estão associados a dieta ruim, tabagismo, sedentarismo e fatores hereditários.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível