Como começar uma loja de segunda mão

Escrito por jennifer metz | Traduzido por ellen zanelato
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como começar uma loja de segunda mão
Loja (Shopping image by Bianca from Fotolia.com)

Começar uma loja de segunda mão pode ser um processo divertido. Quando se lida com itens de segunda mão ou usados, você nunca sabe quais mistérios podem surgir. Mas, tirando o aspecto divertido disso, gerenciar uma loa de segunda mão é similar a gerenciar qualquer comércio varejista. Há gastos, orçamentos, folhas de pagamento, impostos e longas horas. Se está disposto a empenhar seu tempo e esforço, começar uma loja de segunda mão pode ser recompensador.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Vitrine
  • Caixa registradora
  • Letreiro

Lista completaMinimizar

Instruções

    Começando

  1. 1

    Ligue para a prefeitura local para perguntar sobre as licenças para negócios necessárias na sua região. Pergunte sobre o processo e os custo envolvidos.

  2. 2

    Encontre uma loja local para comprar ou alugar. Chame um corretor de imóveis local para te ajudar, ou para fazer seu trabalho. Visite a loja, reparando nas condições, arrumação, localização e estacionamento. Se você for comprar e solicitar uma hipoteca, encontre-se com o hipotecador e discuta suas opções.

  3. 3

    Visite várias lojas de segunda mão na sua região para ter algumas ideias. Começar uma loja de segunda mão só sua te permite a liberdade de decorar sua loja como você quiser, mas pode ser construtivo aprender com outras lojas. Perceba quais lojas parecem ser mais ocupadas que outras e por quê. A loja é mais limpa? Está em uma área mais movimentada? Possui mais itens?

  4. 4

    Encontre-se com um contador. Isto é importante pelas questões com impostos. Há diferentes impostos a se considerar, como impostos sobre vendas e sobre folha de pagamento. Encontre um contador que seja especializado em pequenos negócios para que você possa colher os benefícios de deduções fiscais. Um bom contador vale o preço que o pagamos.

  5. 5

    Comece a acumular itens para sua loja de segunda mão. Decida se você vai revender itens em consignação ou se vai comprar definitivamente itens das pessoas. Indague sobre leis referentes ao recebimento de doações.

  6. 6

    Estabeleça sua loja. Instale um balcão para a sua caixa registradora, prateleiras e hastes de pendurar para dispor seus itens. Faça a loja ficar apresentável, organizada e limpa para atrair os compradores a ficar e procurar por mais tempo, e voltarem novamente. Primeiras impressões são importantes e frequentemente são tomadas dentro de 30 segundos de estadia na sua loja. Posicione um grande e visível letreiro na frente para atrair os consumidores e fazer com que a sua loja seja fácil de encontrar.

  7. 7

    Planeje uma grande inauguração para apresentar sua loja à comunidade. Sirva refrescos se possível e faça disso um grande evento. Quanto mais atenção para a sua loja, melhor negócios você conseguirá. O propósito de uma grande inauguração não é necessariamente lucrar naquele dia mas sim ganhar futuros e repetidos consumidores.

Dicas & Advertências

  • Encontre um advogado de negócios para te ajudar se você decidir aceitar doações. Você talvez precisará registrá-las como não-para-lucro ou não-lucrativo.
  • Considere uma franquia. Cheque as lojas de segunda mão franquiadas que você possa investir.
  • Trate bem as pessoas. Eles se lembrarão e voltarão à loja novamente.
  • Mantenha bons registros.
  • Faça orçamentos. Mesmo que os itens sejam de segunda mão, isto ainda é um negócio.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível