Comidas que causam depressão

Escrito por rochelle connery | Traduzido por mariana mendonça
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Comidas que causam depressão
A comida pode causar depressão? (sad image by 26kot from Fotolia.com)

Existem várias causas para a depressão e a alimentação é frequentemente uma delas. Ainda que algumas comidas tenham um gosto bom e provenham uma temporária explosão de energia, o consumo e a falta de certos alimentos pode criar um sentimento de depressão. Isto pode ser especialmente verdadeiro em comedores compulsivos e aqueles com desordens alimentares.

Outras pessoas estão lendo

Açúcar

No "Lethbridge Undergraduate Research Journal", Marie-Hélène Lyle classifica o açúcar branco e processado como um tipo de sedativo narcótico. Em alguns casos, ela afirma que "viciados em açúcar" podem experimentar abstinência de açúcar da mesma forma que alcoólatras experienciam abstinência de álcool. Ele pode afetar tanto o corpo, como a mente, através da criação de ondas de humor e causando ganho de peso. A Dr. Annette Nay diz que o açúcar faz com que o corpo se eleve quimicamente, elevando temporariamente o humor. Quando sua alta taxa diminui, esta elevação do humor se vai, fazendo com que o consumidor entre em um estado de depressão até poder consumir mais do produto.

Cafeína

De acordo com o Dr. Daniel Hall-Flavin, da Mayo Clinic, indivíduos que são sensíveis à cafeína podem experienciar depressão iniciada por esta substância. Embora ela em si pode não ser a culpada, já que o doutor diz que não há ligação direta entre cafeína e depressão, algumas pessoas tornam-se deprimidas pela perda de sono devido a ingestão desta substância. Ela também pode desencadear a depressão se o consumidor é viciado ou dependente e para de consumi-la. Eles podem achar que ficam mais irritáveis e sentindo dores de cabeça e fadiga após pararem com a cafeína. Esta é encontrada em refrigerantes, bebidas energéticas e no café, bem como no chocolate e algumas gomas de mascar.

Alimentos ricos em amido

O FoodForTheBrain.org sugere que uma alta ingestão de alimentos gordurosos e ricos em amido, enriquecidos com carboidratos refinados, como massas brancas, pão e arroz, podem estimular um estado depressivo. Quando uma pessoa come esses alimentos, a vitamina B em seus corpos é usada para transformar o açúcar e os carboidratos em energia, esgotando assim a sua verdadeira energia e causando uma onda de baixo humor. Essa atividade também pode induzir o consumidor a desejar mais carboidratos refinados, compondo, assim, a depressão e causando ganho de peso e fadiga.

Fast food

Não é nenhum segredo que uma grande ingestão de fast foods pode causar ganho de peso, mas também pode iniciar depressão. A alta concentração de óleo e gordura nestes alimentos contribui para um estado mental pouco saudável, fazendo com que os consumidores tornem-se deprimidos depois de comer um monte de lanches gordurosos. De acordo com ThatsFit.com, a University College London descobriu que fast food é 58 por cento mais propenso a causar depressão do que os alimentos que continham saudáveis ácidos graxos omega-3 e antioxidantes.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível