Comparação entre som binaural e monaural

Escrito por shawn m. tomlinson | Traduzido por a. araújo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Comparação entre som binaural e monaural
A gravação binaural foi continuamente especializada enquanto a monaural quase deixou de existir (Hemera Technologies/PhotoObjects.net/Getty Images)

Quando engenheiros de gravação e pesquisadores de áudio começaram a experimentar novas formas de gravar sons na década de 1950, originaram duas ramificações a partir da gravação monaural tradicional: estéreo e binaural. A gravação estéreo ganhou o papel dominante por oferecer um som tridimensional sem a necessidade de técnicas de gravação especiais ou fones de ouvido. Era possível ouvir uma gravação estéreo a partir de um toca-discos em qualquer parte de um cômodo. A gravação binaural foi continuamente especializada enquanto a monaural quase deixou de existir.

Outras pessoas estão lendo

História

Em gravações monaurais, ouve-se o mesmo som em ambos os ouvidos, independentemente do uso de fones de ouvido ou de auto-falantes; a maioria das primeiras gravações foi feita assim e a técnica era viável até os anos 1960. Os primeiros quatro álbuns gravados pelos Beatles eram gravações monaurais a partir das quais gravações estéreo eram simuladas para produzir álbuns com qualidade de som estéreo. Para obter um som mais puro, a EMI -- companhia que produziu os álbuns dos Beatles -- usou as gravações monaurais ao lançar os álbuns em formato de CD.

Monaural

Gravações monaurais podem ser produzidas com um ou mais microfones, mas o som é mixado em uma única faixa monaural. Gravações estéreo são feitas utilizando pelo menos dois microfones e gravando-os em faixas separadas. Cada uma delas tem sons transbordantes da outra, o que gera um efeito tridimensional mais notado em fones de ouvido.

Binaural

O som binaural é gravado de forma muito diferente: utilizam-se dois microfones a cerca de 18 cm de um boneco ou manequim; essa técnica simula a distância entre as orelhas humanas mais o desvio e o bloqueio do som pela cabeça. A ideia é gravar o som e tocá-lo através de fones de ouvido da forma mais próxima possível de como você ouviria ao vivo.

Gravando sons monaurais

O som monaural sempre foi o mais fácil de gravar e reproduzir. Graças à pouca diferença entre os canais, o posicionamento dos microfones é menos importante. A maioria dos equipamentos de gravação e câmeras de baixo custo gravam som dessa forma -- é impossível utilizá-los para gravar som binaural.

Gravando sons binaurais

Uma forma de criar você mesmo sons binaurais é pegar um par de fones de ouvido antigos, afixar microfones e enviar sinais a partir deles para um dispositivo capaz de gravar duas faixas de dois microfones ao mesmo tempo. Você pode então tocar a gravação diretamente nos microfones. Como um dos problemas com gravações binaurais é a particularidade de audição de cada pessoa, esse pode ser um método preferencial para a gravação.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível