Comparação entre pinho e cedro para cercas de madeira

Escrito por g.d. palmer | Traduzido por fatima mesquita
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Comparação entre pinho e cedro para cercas de madeira
O cedro com o tempo adquire um tom mais cinza (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

As cercas de madeira ficam expostas ao calor, ao frio e à chuva e sempre em contato com o solo. Tudo isso faz com que a maioria delas apodreça rapidamente e seja atacada por insetos, tornando-as um material inadequado para tal finalidade. A madeira ideal para cercas deve ser leve, fácil de se adquirir e de se trabalhar, e deve conseguir sobreviver por anos, apesar das condições adversas. Nesse sentido, tanto o pinho quanto o cedro são madeiras fáceis de se encontrar, boas para cercas e relativamente baratas. Mas as duas têm qualidades diferentes.

Outras pessoas estão lendo

Aparência

A Thuja occidentalis é um cedro claro que vai do branco ao marrom palha e que tem vários nós. A variação vermelha produz uma borda mais clara e bem diferente da parte central, podendo exibir um vermelho sem brilho até um marrom avermelhado. Já o pinho tende a ter uma aparência mais branca, variando no máximo até um marrom claro, com as duas áreas (borda e centro do tronco) sendo praticamente iguais. Os dois tipos de madeira oferecem cortes retos e de grãos homogêneos, e o cedro vermelho é muitas vezes escolhido para servir como cerca devido a sua cor atraente, que envelhece, adquirindo tons de cinza prateado.

Durabilidade

Tanto o cedro quanto o pinho são madeiras macias, ficando em torno de 320 a 490 libras-força na escala de rigidez Janka. Em média, o cedro é ainda um pouco mais macio. Mas ele, na verdade, é mais resistente à decomposição e à chuva do que o pinho. Mesmo quando em contato direto com o solo, o cedro demora mais a apodrecer. Apesar disso, a madeira, já velha, dos dois tipos de árvores, é suscetível ao ataque de insetos. Por tudo isso, alguns tipos de pinho (softwood) podem ser usados em cercas após receberem um tratamento químico com conservantes químicos. Porém, há tipos de pinhos (heartwood) que resistem à impregnação.

Força

O pinho tem uma resistência média em termos de flexibilidade, mas é fraco para quebrar e sua superfície macia machuca com facilidade. Vários tipos de cedro se comportam de maneiras distintas em relação à flexibilidade, mas essa madeira é, em média, mais fraca do que o pinho. Além disso, a maioria dos cedros pode ser facilmente quebrado, apesar de alguns tipos resistirem bem e serem mais fortes do que o pinho. Se uma cerca de cedro receber uma carga significativa, ela pode rachar ou quebrar.

Propriedades de trabalho

Ambos são facilmente cortados ou moldados para a confecção de postes para cercas, pranchas e outras peças. Eles podem ser facilmente furados, não se partindo ou rachando com esta atividade. Mas há certos tipos de cedro que não recebem bem pregos e parafusos, especialmente em comparação com o pinho. Por isso, é melhor usar tais madeiras em cercas cujo estilo dispense ou use poucos pregos. Para cercas com pregos, o melhor é usar pinho ou o cedro vermelho ocidental.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível