Como consertar o pisca-alerta

Escrito por oliver george | Traduzido por valeria jardim
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como consertar o pisca-alerta
É contra a lei dirigir sem o pisca-alerta em perfeito funcionamento (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

Consertar o pisca-alerta de um veículo é simplesmente uma questão de saber onde procurar. Os problemas que geralmente ocorrem são uma lâmpada queimada ou um fusível gasto. É melhor realizar uma manutenção de ambos os dispositivos sempre que possível, pois é ilegal dirigir sem o pisca-alerta.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Lâmpada
  • Fusível

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Abra o capô e apoie-o para mantê-lo aberto. Certifique-se de que o motor esteja desligado e frio.

  2. 2

    Gire o bocal do pisca-alerta em sentido anti-horário e puxe-o para retirar do conjunto do farol na parte frontal do veículo.

  3. 3

    Gire a lâmpada para retirá-la e coloque uma nova em seu lugar.

  4. 4

    Coloque o bocal de volta em seu local e gire no sentido horário para prendê-lo no lugar.

  5. 5

    Feche o capô e verifique se o pisca-alerta está funcionando. Se não estiver, o fusível do pisca-alerta pode precisar ser substituído.

  6. 6

    Abra a porta do motorista e retire a tampa do painel de fusíveis. Esse painel fica à esquerda do volante, embaixo do painel de instrumentos.

  7. 7

    Verifique o sexto fusível da esquerda para a direita para checar se há uma ruptura no fio de metal. Se for o caso, o fusível deve ser substituído, o que pode ser feito pelo simples encaixe de um novo fusível no lugar do defeituoso.

  8. 8

    Recoloque a tampa do painel de fusíveis e feche a porta.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível