Você pode contrair câncer retal de uma doença chamada Líquen Escleroso?

Escrito por ladonna dennis | Traduzido por fabrício scaramello
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Você pode contrair câncer retal de uma doença chamada Líquen Escleroso?
Líquen escleroso (Ryan McVay/Photodisc/Getty Images)

A Líquen escleroso é uma doença de pele que tipicamente afeta homens e mulheres na fase pós-menopausa. Indivíduos diagnosticados com líquen escleroso não têm risco de desenvolver câncer retal. No entanto, de acordo com a Mayo Clinic, o líquen escleroso "persistente em determinado lugar pode aumentar levemente o risco de câncer de pele."

Outras pessoas estão lendo

Sintomas

Os sintomas típicos do líquen escleroso incluem coceira, sangramento, bolhas e dor ou desconforto na área afetada.

Diagnóstico

O diagnóstico de líquen escleroso geralmente vem como o resultado de um exame médico. Seu médico pode também tirar uma amostra de uma região afetada e mandá-la ao laboratório, onde, sob um microscópio, o diagnóstico do líquen escleroso pode ser confirmado.

Complicações para mulheres

Quando o líquen escleroso está presente na área genital, envolver-se em uma relação sexual pode ser desconfortável, principalmente para mulheres. No entanto, um médico pode prescrever pomadas para aliviar a dor.

Complicações para homens

Complicações podem ocorrer em homens se o líquen escleroso estiver localizado no prepúcio do pênis. De acordo com a Mayo Clinic, "O enrijecimento e afilamento do prepúcio pode criar complicações durante a ereção ou ao urinar."

Tratamento

O tratamento do líquen esclerose geralmente inclui uma pomada de corticosteroide prescrita por um médico. Se a cicatrização em volta dos órgãos genitais ou anus ficar dolorosa, seu médico poderá recomendar uma cirurgia.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível