Como converter condutividade em concentração

Escrito por tammie painter Google | Traduzido por pamela oliveira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como converter condutividade em concentração
Encontre a concentração de uma solução usando a condutividade (science image by peter Hires Images from Fotolia.com)

Condutividade, a medida de quão bem uma corrente elétrica atravessa algo, está diretamente relacionada à concentração de íons em solução. Quanto maior a concentração iônica na solução, melhor ela conduz eletricidade. Apesar de algumas soluções muito concentradas não seguirem uma relação linear de condutividade e desta ser afetada pela temperatura, um fator de conversão padrão pode ser usado para fazer uma melhor estimativa da concentração se a condutividade for conhecida.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Solução
  • Condutivímetro
  • Calculadora (opcional)

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Meça a condutividade da solução. Condutivímetros diferentes variarão no modo de operação, mas o método básico é colocar o eletrodo na solução e esperar que ele estabilize. A corrente aparecerá em microhms ou microsiemens (essas unidades são equivalentes), apesar de que aparelhos mais antigos possam apenas mostrar a leitura da resistividade.

  2. 2

    Converta o resultado para ohms. Se seu medidor não converter microhms ou microsiemens, anote o valor da resistividade e use a lei de ohm para encontrar a condutividade. Nas fórmulas a seguir, "G" é a condutividade em ohm, "R" é a resistividade, "V" é a voltagem e "I" é amperagem:

    R= I/V G= 1/R.

    "G", então, deve ser dividido por 1 milhão para o obtermos em microhms ou microsiemens.

  3. 3

    Calcule o ppm (partes por milhão -- medida de concentração) a partir dos microhms (medida de condutividade). Multiplique os microhms por 0,64 para obter ppm. Então a concentração em ppm = condutividade em microhms x 0,64.

  4. 4

    Converta ppm em molaridade. Na maior parte dos casos, você vai querer a concentração em molaridade, não em ppm. Use o princípio a seguir para calculá-la:

    ppm =0,001 g de soluto em 1 litro de solução (o soluto é a substância dissolvida no solvente para formar a solução).

    Molaridade = mols/litro, então, usando a massa atômica (gramas/mol) de soluto (encontrada ou em uma tabela periódica ou no rótulo do frasco dele) você pode calcular a molaridade.

    ppm (gramas/litro) dividida pela massa atômica (gramas/mol) equivale à molaridade (mols/litro).

Dicas & Advertências

  • A temperatura pode afetar a condutividade. Para melhores leituras, ou faça-as à temperatura de 25 ºC ou use um condutivímetro que ajuste as leituras de acordo com a temperatura.
  • Se a sua solução tiver diversos solutos, você não será capaz de calcular a concentração a partir da condutividade. Essa relação funciona melhor em soluções com apenas um soluto.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível