Como criar cães Pit Bull

Escrito por jerel jacobs | Traduzido por alice matos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como criar cães Pit Bull
Pit Bulls devidamente criados são cães descontraídos. (pit bull dog image by Danuta Kania from Fotolia.com)

O Pit Bull Terrier é um animal de estimação leal e afetuoso. Pit Bulls devidamente criados são animais estáveis ​​e descontraídos, que exibem um comportamento amável e gentil para com os humanos, mas a reprodução adequada requer uma abordagem sistemática.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Certifique-se de que o seu Pit Bull é próprio para a reprodução. Idealmente, você terá um animal registrado pelo United Kennel Club com uma linhagem verificada e rastreável. Isso fará com que você tenha garantia que seu cão não tem predisposição genética para quaisquer anormalidades físicas ou temperamentais que impeçam a reprodução. Pit Bulls são geralmente cães robustos, porém, eles podem ser propensos a displasia de quadril em espécimes geradas inadequadamente.

  2. 2

    Verifique a história do Pit Bull que você pretende cruzar com seu cão. Tanto o macho quanto a fêmea devem ter criação verificável e registros médicos. Mais uma vez, o ideal é que os dois animais sejam registrados pelo United Kennel Club (UKC). Passe algum tempo com o Pit Bull que você pretende cruzar com seu cão. O cão deve parecer confiante e calmo. Comportamento arisco ou nervoso, especialmente em torno de pessoas, é altamente indesejável.

  3. 3

    Prepare-se para introduzir cães machos e fêmeas uns para os outros. Esta introdução deve ser cuidadosamente vigiada. Pit Bulls têm uma predisposição genética que pode obrigá-los a lutar com outros cães e especialmente uns com os outros. Essas lutas podem ocorrer sem causa e com muito pouco aviso.

    É extremamente importante certificar-se que ambos os cães sejam acompanhados de perto enquanto estão cruzando. Também é aconselhável ter em mãos uma vara para morder, caso uma luta aconteça.

  4. 4

    Deve ser permitido aos dois cães acasalar várias vezes, para assegurar que a fêmea seja fecundada. Isto pode acontecer ao longo de um período de horas ou dias, dependendo de cada animal. No entanto, dois cruzamentos são geralmente suficientes para assegurar a gravidez.

  5. 5

    Uma vez que macho e fêmea acasalem, deve-se separá-los, para assegurar que eles não lutem entre si.

Dicas & Advertências

  • Pit Bulls podem ter nariz preto ou vermelho. Ter um ou o outro não faz um cão melhor ou pior para a reprodução.
  • Pit Bulls machos de criação adequada têm, geralmente, entre 27 kg e 31,5 kg e a maioria das fêmeas têm entre 20 kg e 25 kg.
  • Um Pit Bull que exibe agressão contra outros cães ainda é adequado para a reprodução. Pit Bulls têm uma predisposição genética para lutar contra outros cães.
  • Pit Bulls que temem morder ou mostram tendências agressivas em relação às pessoas não devem ser cruzados.
  • O Pit Bull é um cão atlético e extremamente ágil. Desconfie de reproduzir com os proprietários de Pit Bulls "enormes" com cabeças estranhamente grandes e corpos extremamente atarracados (muitas vezes com mais de 45 kg.) Estes animais muitas vezes são misturados com as raças mastiff para alcançar este tamanho incrível.
  • Certifique-se de verificar com o seu titular de locação, locador, associação de bairro e prefeitura antes de comprar um Pit Bull, pois há leis contra possuir tais raças em algumas localidades.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível