Como criar calopsitas-esmeraldas

Escrito por elle blake | Traduzido por angela spada
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como criar calopsitas-esmeraldas
Alguns criadores se referem a esses pássaros como calopsitas verde-olivas ou de crista-amarela, pois não são verdes (Tom Brakefield/Stockbyte/Getty Images)

As calopsitas-esmeraldas foram criadas pela primeira vez no Texas, nos anos 1990. Alguns criadores se referem a esses pássaros como calopsitas verde-olivas ou de crista-amarela, pois não são verdes. Elas não possuem a pigmentação verde, mas sim uma mutação da cor cinza, às vezes com uma mistura verde-oliva. Geralmente é fácil criá-las, embora as mutações de cor das calopsitas que você recebe nunca sejam uma garantia.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Gaiola para pássaros
  • Caixa de nidificação
  • Palha fresca
  • Fruta e vegetais frescos
  • Chocos

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Verifique se o macho e a fêmea que você possui são esmeraldas. As calopsitas-esmeraldas geralmente sofreram uma mutação do cinza, às vezes com um padrão ou matiz verde-oliva ou amarelo. Seus pés, bicos e olhos são escuros; as penas em torno do dorso de sua cabeça, também. Para a criação, é necessário ter duas calopsitas-esmeraldas, já que seu gene é recessivo.

  2. 2

    Adquira uma gaiola de tamanho grande. É preciso ter 75 cm de comprimento por 45 cm de largura e uma altura mínima de 90 cm, mas quanto maior, melhor.

  3. 3

    Prepare a gaiola para a criação. Proporcione uma caixa de nidificação de, no mínimo, 30 cm de altura por 30 cm de profundidade e, na parte frontal, um orifício. Esta pode ser adquirida na maioria dos pet shops. Também será necessário adicionar um pouco de palha limpa dentro da caixa -- recomenda-se cerca de 12,5 cm.

  4. 4

    Acrescente um bebedouro grande o suficiente para o pássaro beber e se banhar. Não o coloque embaixo de poleiros, pois gotas de fezes podem cair na água.

  5. 5

    Coloque uma variedade de poleiros em toda a gaiola, juntamente com brinquedos para cacatuas. Não retire os brinquedos para incentivar o acasalamento dos pássaros, pois o tédio é uma razão comum para que isto não aconteça.

  6. 6

    Ofereça uma dieta de alta qualidade. Juntamente com um alimento completo para calopsitas, você deve oferecer ossos de siba para lhes fornecer cálcio e uma mistura de frutas e vegetais frescos. Introduza seus pássaros a pequenas quantidades de frutas moles ou cozidas em preparações para alimentar os filhotes.

  7. 7

    Fixe à gaiola um cronômetro leve e ajuste-o para permitir 12 horas de iluminação diurna e 12 horas de escuridão. Você também pode fazer isto manualmente ao colocar seus pássaros em um local iluminado e cobrindo-os à noite. Esta é uma etapa importante, portanto, certifique-se de cobrir seus pássaros no momento certo, todos os dias.

  8. 8

    Observe os pássaros cuidadosamente. Note quando ocorrer o acasalamento bem-sucedido. As calopsitas põem de quatro a seis ovos em até três semanas após o acasalamento. Podem pôr um ou dois ovos ao dia até botar todos. Quando os ovos são postos, os pais os incubarão por cerca de 20 dias.

  9. 9

    Ofereça uma alta proporção de frutas moles para a calopsita fêmea alimentar seu filhote. Mantenha o mesmo ciclo de luz diurna. Os filhotes desmamam em aproximadamente oito semanas e devem ser levados para sua própria gaiola cerca de duas semanas depois.

Dicas & Advertências

  • Ao decidir criá-las, use um suplemento de cálcio para suas cacatuas.
  • É improvável que quaisquer ovos não eclodidos em 28 dias após a postura venham a eclodir. Você pode fazer uma checagem, pegando cuidadosamente o ovo e iluminando-o com uma lanterna a partir de sua parte inferior, em busca de vasos sanguíneos. Não o incline e nem mova, pois isto pode matar o filhote.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível