Como cuidar de um gato após castrá-lo

Escrito por ehow contributor | Traduzido por luana santos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como cuidar de um gato após castrá-lo
Cuidar de um gato depois de ser castrado não é algo que as pessoas saibam muito (Martin Poole/Digital Vision/Getty Images)

Caso deseje manter suas populações sob controle, castrar os gatos é uma necessidade. No entanto, cuidar de um depois da operação não é algo sobre o qual as pessoas tendam a saber, e muitas assumem que o bicho está gravemente doente se não voltarem imediatamente ao normal.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Comida de gato
  • Antisséptico
  • Cone de pescoço

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Primeiro de tudo, existem diferentes processos de castração para gatos machos e fêmeas. Os machos são castrados e as fêmeas são esterilizadas, sendo esta última geralmente considerada uma operação mais grave e invasiva. Assim, dependendo do sexo do seu gato, os cuidados serão diferentes.

  2. 2

    Os gatos machos são geralmente mais fáceis de cuidar depois de ser castrados e começarão a comer e dormir normalmente logo após voltarem para casa. Além disso, não há tanto risco de arrancarem os pontos enquanto cicatrizam -- que estão perto dos testículos --, visto que é muito mais difícil para eles lamberem ou morderem.

  3. 3

    Os gatos machos que esguichavam antes de serem castrados geralmente param com essa mania. No entanto, muitas vezes tentarão depois de alguns dias do procedimento. Isso geralmente resulta em um vazamento de urina neles mesmos, e este comportamento geralmente desaparece depois que percebem que não podem esguichar mais. A personalidade do macho costuma mudar uma vez que são castrados, tornando-se mais passivos. Eles não lutam com outros machos tanto quanto antes.

  4. 4

    As fêmeas são um pouco mais difíceis de cuidar e, em muitos casos, preocupam desnecessariamente seus donos quando voltam para casa. É normal que nos primeiros dois ou três dias elas comam muito pouco ou mesmo nada e durmam a maior parte do tempo. Gatas com filhotes jovens não serão tão hostis, pois sentem que não podem mais se reproduzir. Como as gatas têm pontos no estômagos, elas, sem dúvida, tentarão lamber a ferida regularmente e podem até rasgá-los. Se faltar poucos para removê-los, então este não é um problema. No entanto, se a ferida estiver infectada, não tiver curado ainda ou os pontos tiverem sido arrancados muito rápido, um cone de pescoço pode ser necessário. Estes estão disponíveis no veterinário e impedem que a gata alcance os pontos.

  5. 5

    Normalmente, depois de alguns dias, a gata passará a comer normalmente e começará lentamente a se tornar mais ativo. Uma coisa para prestar atenção é se tiver filhotes em casa, pois ela começará a cuidar deles como se fossem seus próprios. Isso geralmente é inofensivo, mas, se ela ainda tiver os pontos, as pequenas garras dos gatinhos podem rasgá-los ao amamentar.

Dicas & Advertências

  • A maioria dos veterinários também cortam as garras do gato depois que são castrados, impedindo-os de abrir os pontos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível