Como cuidar de um lagarto de língua azul

Escrito por stephi peppers | Traduzido por andré schwarz
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como cuidar de um lagarto de língua azul
Os lagartos de língua azul se originam da Austrália (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

Os tiliquas são populares animais de estimação. Esses lagartos grandes, dóceis e de língua azul têm corpos grandes e passo lento, o que os torna mascotes excelentes até mesmo para crianças. Eles são também mais resistentes que os lagartos de várias outras espécies e se adaptam bem à companhia humana. São conhecidos por sua disposição curiosa e amigável e também são fáceis de cuidar, com custos de manutenção mínimos e expectativa de vida de 20 anos.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Lagarto de língua azul
  • Terrário
  • Tampa
  • Lâmpada de calor
  • Luz ultravioleta
  • Substrato
  • Pedra aquecida
  • Caixa para se entocar
  • Galhos
  • Pote para alimentação
  • Pote para água

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Providencie uma área fechada tampável para abrigar o animal. Essa espécie de lagarto é bastante grande e requer um aquário ou outro invólucro semelhante de aproximadamente 200 litros ou mais, que deverá ser posicionado na horizontal. A razão disso é que os lagartos são animais terrestres e precisam de uma superfície com uma área bastante ampla. Algumas tampas feitas com malhas de metal são produzidas com os répteis em mente, pois provêm segurança e ventilação. Ela deverá contar com trancas ou travas, pois esses lagartos são curiosos e podem escapar da jaula.

  2. 2

    Ajuste o terrário para que ela fique confortável ao animal. Escolha um substrato que irá mantê-lo confortável, mas que não irá fazê-lo engasgar se engolido. Alguns substratos apropriados para lagartos maiores são areia e a fibra de casca de coqueiro. A camada de substrato do ambiente deverá ter de 7,5 a 12,5 cm, e por cima dela deverá existir uma caixinha para o lagarto poder se entocar e não se estressar. Coloque também no terrário potes de água e comida, que deverão ser grandes e pesados o suficiente para que o animal não os vire. Coloque plantas e galhos para criar pontos de interesse, mas não coloque obstáculos grandes, pois os tiquilas têm pés e patas pequenos e não podem, portanto, se desviar de objetos grandes.

  3. 3

    Posicione a lâmpada de calor e a pedra. A lâmpada deverá ficar por cima da tampa para aquecer metade do terrário e ficar fora do alcance do animal. A pedra deverá ficar na parte quente do ambiente.

  4. 4

    Monte a luz ultravioleta. Os lagartos precisam desse tipo de luz para se desenvolver de maneira saudável. Essas lâmpadas estão disponíveis em pet shops e devem ser colocados do lado oposto da lâmpada de calor. O lagarto deverá ter acesso à luz solar durante o dia e à luz ultravioleta durante a noite.

  5. 5

    Dê uma alimentação apropriada ao animal. Esses lagartos podem comer caracóis, ovos bem cozidos e carnes magras, além de verduras e frutas macias como uvas, maçãs e bananas. Um espécime adulto deverá se alimentar de 5 pedaços de comida do tamanho de uma bocada três vezes por semana. Animais mais jovens deverão comer todos os dias, com porções iguais de 5 pedaços. Tome cuidado para que ele não coma demais.

  6. 6

    Dê água limpa e fresca. Ele irá precisar dela não apenas para beber, mas também para se molhar quando chegar a época da muda. A água terá de estar, portanto, sempre limpa.

  7. 7

    Umedeça a pele do animal durante a muda. Se ele for saudável, a muda irá se efetuar sem grandes problemas. Quando ele estiver pronto para trocar de pele, sua pele e olhos estarão com uma coloração leitosa e sem brilho. Nesse período não se deve pegar o animal, pois isso poderá danificar a nova pele dele. Se ele tiver dificuldades para retirar a pele de áreas como o arredores dos dedos, umedeça-as com água morna por alguns minutos e nunca tente arrancar a pele solta.

  8. 8

    Manuseie o animal com cuidado. Se for levantá-lo ou carregá-lo, seja cuidadoso e dê apoio às patas traseiras e dianteiras. Não se aproxime muito bruscamente, pois isso poderá assustá-lo e ele poderá te morder. Ao carregar, procure não assustá-lo ou derrubá-lo no chão.

Dicas & Advertências

  • Sempre lave as mãos antes e depois de tocar o lagarto. Isso serve para proteger tanto a você quanto a ele.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível