Como cultivar ervas de cozinha em vasos de jardim

Escrito por ehow contributor | Traduzido por ricardo castiglioni
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como cultivar ervas de cozinha em vasos de jardim
Manjericão e outras ervas podem ser agrupadas em vasos (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

Se você não tem muito espaço e deseja ter sempre ervas frescas, pode cultivá-las em vasos. Os vasos podem ficar fora da cozinha, em locais convenientes, e podem ser colocados para dentro de casa quando o tempo ficar muito frio. As ervas também podem ser organizadas para serem exibidas de maneira atrativa.

Nível de dificuldade:
Fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Trabalhe com a forma e o tamanho dos vasos, sejam quadrados, redondos ou retangulares.

  2. 2

    Coloque ervas grandes na fileira de trás do vaso. Essas incluem alecrim, sálvia, manjericão, erva-doce, endro, estragão, alho cebolinha e cebolinha regular. Coloque erva-doce na parte de trás de um vaso e endro na parte de trás de outro.

  3. 3

    Plante ervas médias, incluindo coentro, salsa, manjericão globo, cominho, alfazemas e orégano grego, nas fileiras do meio. O manjericão vem em tons de verde e roxo, bem como nos sabores genovês e tailandês. Ele pode cercar a erva-doce tendo o alho cebolinha em um dos lados. O estragão e o alho cebolinha podem flanquear o endro. Se estiver usando vasos retangulares, o manjericão pode ser colocado em um só dele.

  4. 4

    Reserve a primeira fileira de um vaso retangular ou os lados de um vaso redondo para tomilho, alecrim e orégano rastejante.

  5. 5

    Plante a hortelã em vasos separados, pois ela cresce rapidamente. Além disso, tende a ser alta como a erva de gato e pode ser usada como enfeites de mesa. A alfazema adapta-se bem com a hortelã. A erva-cidreira tem altura média, como a hortelã-pimenta, e eles podem ser usados para circundar plantas mais altas.

Dicas & Advertências

  • O alecrim pode ser um bonito enfeite de mesa se você escolher o tipo vertical e for paciente, pois essa planta perene dura anos se for colocada em ambientes internos durante invernos mais rigorosos.
  • A salsa e o cominho são bienais, vivem duas temporadas e têm apenas a segunda temporada de florescência. Planeje substituí-las depois de dois anos. O endro, o manjericão e o coentro podem se autopropagar, mas você pode preferir plantar ervas novas. A sálvia, o alecrim, o orégano, a lavanda e a cebolinha são perenes, então, seus vasos serão permanentes a menos que elas sejam transplantadas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível