Como curar tireoidete de Hashimoto

Escrito por stewart smith | Traduzido por a. araújo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como curar tireoidete de Hashimoto
A doença de Hashimoto ataca a tireoide (Duncan Smith/Stockbyte/Getty Images)

A tireoidite de Hashimoto, também conhecida como tireoidite linfocítica crônica, é uma doença autoimune que geralmente afeta mulheres entre os 45 e os 65 anos de idade. Ela afeta 50% mais mulheres que homens e é a causa mais comum de doenças da tireoide nos Estados Unidos. A tireoidite de Hashimoto faz com que os anticorpos ataquem a tireoide, danificando suas funções e gradualmente destruindo-a. Curar essa doença requer mudanças permanentes de estilo de vida, incluindo melhores hábitos alimentares, exercícios regulares e ingestão de suplementos à base de plantas.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Acesso a um médico
  • Suplementos à base de plantas

Lista completaMinimizar

Instruções

    Instruções para o tratamento da doença de Hashimoto

  1. 1

    Consulte um médico especializado nos sintomas da doença de Hashimoto, como a incapacidade de perder peso apesar de dietas e exercícios, cansaço excessivo, constipação e afinamento dos cabelos. O médico provavelmente pedirá um exame de sangue para dar um diagnóstico.

  2. 2

    Vá ao laboratório e faça um exame de sangue de detecção de deficiências da tireoide. Diga que deseja uma análise completa do sangue, não apenas um teste de tireoide; outros níveis no sangue além de um simples teste de níveis da tireoide podem indicar a doença de Hashimoto.

  3. 3

    Elimine o glúten, a caseína, a cafeína, carnes vermelhas e açúcares de sua dieta. A Dra. Jennifer Rhodes, do "Wellness Center" em St. Louis, Missouri, explica que "embora essa possa ser uma mudança dramática na dieta, ela é necessária pois todas essas substâncias agravam a condição e intensificam a taxa de danos à tireoide".

  4. 4

    Tome uma ou duas xícares de chá orgânico de dente-de-leão todo dia. De acordo com a Dra. Jennifer Rhodes, "o chá de dente-de-leão fortalece naturalmente o sistema autoimune ao mesmo tempo que aumenta os níveis de energia, prevenindo a constipação e a lentidão".

  5. 5

    Tome duas colheres de sopa de óleo de linhaça todo dia. O óleo de linhaça é rico em vitaminas B6 e B9, omega-6, omega-9 e outros ácidos graxos essenciais. Ele equilibra de forma eficaz e segura as prostaglandinas boas e ruins do organismo. De acordo com a Dra. Jennifer Rhodes, o óleo de linhaça ajuda a equilibrar os níveis de ácidos graxos essenciais no organismo, ajudando o sistema digestivo a funcionar de forma mais eficaz.

  6. 6

    Como a Dra. Jennifer Rhodes aconselha seus pacientes a fazer, tome uma colher de chá de óleo de fígado de bacalhau todos os dias. Ele é rico em vitamina D, que está presente em poucos alimentos. Isso previne a resistência à insulina e é eficaz no tratamento a longo prazo da doença de Hashimoto.

  7. 7

    Tome um suplemento de faia-da-terra todo dia. De acordo com as informações no website "http://www.herbalextractsplus.com/bayberry.cfm" [em inglês], ele estimula o organismo a regular e equilibrar seus níveis hormonais, além de ter sido comprovada sua eficácia no tratamento da doença de Hashimoto.

  8. 8

    "Exercite-se pelo menos 40 minutos por dia, quatro a cinco dias na semana", recomenda a Dra. Jennifer Rhodes. "O exercício promove o funcionamento ideal da tireoide e ajuda a manter um metabolismo saudável e níveis hormonais normais". Os exercícios podem incluir atividades como caminhada moderada, pedalada, ioga, natação e até hidroginástica.

Dicas & Advertências

  • Evite suplementos sintéticos pois, além de serem ineficazes no tratamento da doença de Hashimoto, podem causar mais danos.
  • Evite alimentos muito ricos em iodo pois níveis altos dessa substância podem prejudicar a tireoide.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível