Curiosidades sobre a mariposa-colibri

Escrito por cathryn whitehead | Traduzido por elisa lacerda de freitas
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Curiosidades sobre a mariposa-colibri
A mariposa-colibri tende a ser confundida com um beija-flor quando vista em jardins (Hemera Technologies/PhotoObjects.net/Getty Images)

A mariposa-colibri (Macroglossum stellatarum) é um inseto da família Sphingidae cujos movimentos, hábitos alimentares e coloração são semelhantes aos de um beija-flor. Na América do Norte, existem 125 espécies de mariposas pertencentes ao gênero Macroglossum. Apesar de muitas delas serem ativas durante a noite, algumas alimentam-se durante o dia. A mariposa-colibri possui uma tromba, uma longa boca em forma de agulha que se desenrola no momento de alimentar-se do néctar de uma variedade de flores.

Outras pessoas estão lendo

Identificação

A mariposa-colibri tem um corpo largo, longas asas dianteiras marrons com linhas pretas onduladas e asas posteriores alaranjas com bordas pretas. A extremidade do corpo possui pelos sensoriais, semelhante às penas da cauda de um beija-flor. Essa espécie é de tamanho médio a grande, com uma envergadura entre 5 e 15 cm. A tromba pode se estender a um comprimento até duas vezes maior que a envergadura. É possível ouvir um zumbido distinto quando as mariposas pairam sobre sua fonte de alimento. Elas batem suas asas rapidamente e voam de uma flor para outra, de forma muito parecida com o pequeno pássaro que deu origem a seu nome. A mariposa pode ser distinguida de um beija-flor pelas antenas na cabeça, sua tolerância aos seres humanos e seu hábito de às vezes pousar nas flores para se alimentar.

Ciclo de vida

As mariposas-colibris fêmeas atraem os machos emitindo um feromônio, uma substância química que sinaliza a eles para se aproximarem. Após o acasalamento, as fêmeas põem ovos na parte superior das folhas de plantas como as espécies dos gêneros Galium e Rubia. As larvas saem dos ovos após seis a oito dias e alimentam-se das plantas hospedeiras, consumindo uma grande quantidade de folhas. Depois de um mês, elas se abrigam em casulos no solo, as vezes permanecendo lá durante o inverno. Algumas mariposas-colibris produzem duas ou mais gerações em uma estação, especialmente nas regiões do sul.

Plantas hospedeiras

A mariposa-colibri habita campos, jardins, prados e locais próximos a florestas, onde crescem as plantas hospedeiras. Ela prefere depositar seus ovos em uma planta chamada galião, da qual as lagartas alimentam-se quando os ovos eclodem. A mariposa favorece flores de hastes compridas que armazenem bastante néctar, como petúnias, madressilvas, alfinetes, verbenas, jasmins, lilases e flores dos gêneros Buddleja e Flox. Ao se alimentar do néctar, a mariposa poliniza as flores.

Predadores

As larvas de mariposas-colibris são os alvos favoritos de muitos predadores, incluindo pássaros, morcegos, aranhas, louva-deuses e barbeiros. As cores de camuflagem garantem alguma proteção às larvas e, além disso, muitas delas apresentam um comportamento defensivo, agitando o corpo de um lado para o outro, debatendo-se e regurgitando para deter os predadores. As mariposas adultas também são vítimas de pássaros, morcegos e aranhas, mas sua velocidade e a semelhança com as aves oferecem-lhes alguma proteção.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível