Como determinar a pressão atmosférica em diferentes altitudes

Escrito por kylene arnold | Traduzido por ricardo soares
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como determinar a pressão atmosférica em diferentes altitudes
Quanto mais alto subir, menor será a pressão atmosférica (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

A altitude na qual uma pessoa está determina muitas coisas sobre sua saúde e estilo de vida. Por exemplo, as pessoas que vivem em altitudes mais elevadas devem cozinhar de forma diferente, pois a água ferve a uma temperatura mais baixa. Elas devem inflar os pneus de forma diferente, de modo que a diferença entre as pressões interna e externa não exploda os pneus. Os visitantes em novas altitudes podem sofrer doença de pressão, até seus corpos se ajustarem aos níveis mais baixos de oxigênio. Essas são apenas algumas das razões pelas quais elas podem querer determinar a pressão atmosférica em uma dada elevação. Felizmente, os cientistas têm uma equação que pode fornecer essas informações para você, antes de pisar em terreno mais elevado.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Determine o nível de elevação em metros.

  2. 2

    Substitua esse valor na equação da pressão atmosférica: pressão = 101.325 (1 - 2,25577 * 10^-5 * elevação)^5,25588.

    Por exemplo, a pressão atmosférica a 1.500 m seria determinada pela seguinte expressão: 101.325 (1 - 2,25577 * 10^-5 * 1500)^5,25588.

  3. 3

    Simplifique a expressão. Essa é a pressão atmosférica em quilopascal.

    Uma pessoa a 1.500 m está sob aproximadamente 84,6 kPa de pressão.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível