Diabetes canina e convulsões

Escrito por carrie terry | Traduzido por ricardo castiglioni
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Diabetes canina e convulsões
Um cão com diabetes pode ter uma convulsão se houver uma overdose de tratamento (dog on beach image by john barber from Fotolia.com)

A diabetes ataca seres humanos, gatos e cães com consequências igualmente graves. Essa doença metabólica é causada pela incapacidade do corpo de usar glicose e insulina corretamente e é mais comum em cães fêmeas com excesso de peso. As convulsões são um dos diversos sintomas e podem ocorrer devido à diabetes ou a uma overdose de tratamento.

Outras pessoas estão lendo

Os fatos

A diabetes canina ocorre mais frequentemente como uma deficiência de insulina no corpo de um cão. A insulina é responsável pela coleta de glicose (açúcar no sangue) e levá-lo para as células para energia. A falta de insulina (diabetes tipo I) ou incapacidade de usar a insulina (diabetes tipo II) conduz diretamente para as células do corpo famintas por nutrição.

Causas

O "Dog Diabetes Guide" (Guia de Diabetes do Cão) diz que a diabetes é passada através de linhas de sangue como uma desordem genética. Algumas linhagens e raças de cães são mais propensas a terem diabetes do que outras. A causa base da diabetes é um mal funcionamento de uma glândula endócrina, embora o distúrbio se torne evidente e agravado em cães com excesso de peso ou cães que recebem nutrição pobre ou desequilibrada.

Efeitos

Conforme as células do corpo morrem de fome, o cão começa a mostrar alguns sintomas evidentes. Como as células não estão ganhando nutrição, o cão se torna mais faminto e com sede. Isso o leva a urinar em excesso. O cão elimina "resíduos" e perde peso, pois não consegue encontrar a nutrição no alimento. O "Dog Owner's Guide" (Guia do Dono de Cão) afirma que a falta de tratamentos trará letargia, perda de apetite e depressão.

Convulsões diabéticas

Convulsões são outro efeito colateral comum em diabetes canina. As convulsões podem ocorrer como uma reação à baixa nutrição no cérebro. Também podem ocorrer como um resultado direto de uma overdose de tratamento da diabetes. De acordo com o neurologista veterinário W.B. Thomas, da Universidade do Tennessee, uma overdose de insulina leva à hipoglicemia, ou baixo açúcar no sangue. Novamente, isso é uma falta de nutrição disponível para o cérebro, o que faz com que este funcione mal e o corpo tenha convulsões.

Tratamentos

Os tratamentos para diabetes incluem medicação e mudanças na dieta. Os donos de cães devem aprender a medir os níveis de glicose do animal e dar a ele injeções de insulina para ajudar seu corpo a usar a glicose corretamente. Também devem alimentar os cães diabéticos com uma dieta que controle o metabolismo, ofereça um suprimento constante de glicose e evite convulsões diabéticas. As convulsões podem ser controladas cuidando do cão quando ela acontecer e equilibrar a falta de açúcar no sangue com comida ou injeção de glicose.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível