A diferença entre as flautas Yamaha modelo 221 e 225

Escrito por robert alley | Traduzido por vicente neto
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
A diferença entre as flautas Yamaha modelo 221 e 225
O Modelo Yamaha 221 é um instrumento musical melhorado (music book. manuscript. music score image by L. Shat from Fotolia.com)

A Yamaha fabrica uma gama de instrumentos musicais, incluindo flautas que vão desde a mais simples para principiantes até os modelos mais avançados. Cada nível é designado por uma série, como 200, 300 e 400, onde 200 é a mais básica. A Yamaha 225, também chamada de "YFL-225S e 225N", era a flauta de entrada de 1980 a 2000, quando saiu de série nos Estados Unidos. A substituta foi a Yamaha 221 ou YFL-221.

Outras pessoas estão lendo

Registros

Além do fato que a 221 é mais nova, uma das mudanças feitas pela Yamaha no seu modelo mais recente da série 200 foi notório. Ela abordou as solicitações dos comerciantes e educadores e exigiu que as chaves fossem mais espessas, para evitar que flexionassem. De acordo com a Yamaha, essa melhoria oferece melhor durabilidade e resistência, tudo em um esforço para manter a haste alinhada, o que é crítico em uma flauta porque a mesma vem em três partes, que devem ser montadas sem mudar de posição.

Parafusos de ajustes

Um problema com o modelo 225 era a posição dos parafusos e a dificuldade e alcançá-los. O modelo 221 corrigiu esse problema movendo a posição dos mesmos. Além disso, o material usado foi melhorado, permitindo fáceis ajustes e a prevenção de afrouxamento gradual dos parafusos.

Redesenho da chave

A flauta da série 200 é escolhida pelos estudantes como flauta padrão para principiantes. Dessa maneira, as chaves devem ser de fácil acesso e uso pelos novatos. A Yamaha mudou algumas das chaves inferiores direita (localizadas na junção inferior) através da mudança do projeto para facilitar seu uso. "Nossos desenhistas trabalharam duro para resolver os problemas que os comerciantes e os educadores tiveram com os nossos modelos anteriores". Neste caso, a Yamaha estava se referindo ao modelo 225.

Junção inferior

Um dos avanços feitos para o modelo 221 pelos desenhistas da Yamaha envolveu a junção inferior. Uma flauta tem três partes: cabeça (parte da flauta que contem a abertura para a boca mas sem chaves), o corpo (onde ficam a maioria das chaves) e o pé (que fica as últimas chaves). Essas partes são separadas e devem ser juntadas para que o instrumento possa ser tocado. Para os iniciantes, geralmente uma criança, esse aspecto de montagem pode ser desencorajador. Por isso, no modelo 221, a Yamaha adicionou, de acordo com seu comunicado a imprensa, "marcador prático do pé" com a finalidade de ajudar os alunos iniciantes. Basicamente, ela serve para o alinhamento das partes, o qual é essencial para um som adequado.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível