Doenças caninas causadas ​​por fezes de pássaro e coelho

Escrito por rena sherwood | Traduzido por bruno callegari
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Doenças caninas causadas ​​por fezes de pássaro e coelho
Tenha cuidado ao ver um cão com uma ave (Apple Tree House/Photodisc/Getty Images)

Os cães são como crianças muito pequenas que exploram o mundo através da boca. Eles provam e comem qualquer coisa, incluindo fezes de outros animais. Eles também comem as carcaças de aves e coelhos, incluindo as fezes formadas que ainda podem estar nos corpos. Os cães, muitas vezes, gostam de rolar sobre excrementos de pássaros. Infelizmente, algumas doenças graves podem passar das fezes de aves ou de coelhos para o cão.

Outras pessoas estão lendo

Tipos

Os cães podem pegar gripe aviária (H5N1) das fezes, carne ou carcaças de aves infectadas. Eles também podem pegar essa doença através do contato com gatos contaminados ou comendo fezes dos mesmos. Os cães podem pegar coccidiose ou leptospirose ao comer fezes de coelho. No caso da leptospirose, eles também podem ser infectados ao beber a urina ou comer as fezes de roedores, gambás ou de cães já infectados.

Considerações

Cães de caça ou cães criados livres são muito mais propensos a comerem excrementos de aves ou de coelhos contaminados do que cães criados em casa ou mantidos em uma coleira ou quintal cercado. Embora isso não elimine completamente as chances de aves, gatos ou coelhos infectados passarem pela propriedade, reduz as chances do cão ficar doente.

Prevenção e solução

Os cães podem ser vacinados contra a leptospirose enquanto filhotes e devem receber doses de reforço anual. Eles podem ser treinados para não comer fezes e precisam de um banho assim que você perceber que ele tenha rolado em excrementos de pássaros. Tente evitar que os cães tenham contato com gatos de rua, mantendo estes fora da propriedade. Verifique o quintal com frequência para verificar se existem excrementos de outros animais, limpando sempre que necessário.

Aviso

Todas estas doenças podem ser passadas para os seres humanos. No entanto, a simples lavagem das mãos antes das refeições ou após entrar em contato com o cão ou após remover as fezes dos animais, muitas vezes pode impedir que você fique doente.

Identificação

Um cão com gripe aviária tem febre, tosse, dificuldade respiratória e dificuldade para caminhar. Ele deverá ser levado ao veterinário imediatamente ou poderá morrer. Um cão com leptospirose tem febre, vômitos, perda de apetite, desinteresse em qualquer coisa (depressão), conjuntivite e urina de cor muito escura. Esta também é uma situação de emergência na qual o cão precisa ser levado ao veterinário o quanto antes. Embora os cães possam sobreviver à leptospirose, eles acabam. muitas vezes, com danos no rim e no fígado como sequela. A coccidiose geralmente atinge filhotes ou cães que tenham sofrido muito estresse. Eles ficam com o intestino solto, com fezes escorrendo, por vezes com sangue. Se tornam apáticos, anêmicos e, muitas vezes, ficam desidratados.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível