Mais
×

Dormência e formigamento nas pernas durante corrida

Atualizado em 17 abril, 2017

Um formigamento nas pernas enquanto você corre ou realiza atividades físicas que ativem os músculos pode ocorrer quando os nervos desses membros são comprimidos. Essa compressão contrai os nervos, causando uma sensação de formigamento. Dormência e sensação de queimação acompanham o formigamento em casos mais severos. Meralgia parestésica é o nome clínico para a condição comumente chamada de "nervos comprimidos". Ativar os músculos da perna aplicando uma pressão firme ou até mesmo tocando levemente nas coxas poderá desencadear os sintomas dessa condição.

Danos nos nervos das coxas podem causar formigamentos durante atividades físicas (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

Causas

Traumas nas coxas ou quadris, obesidade, treinos extenuantes de perna, calças apertadas e gravidez podem levar à meralgia parestésica. A diminuição do fluxo sanguíneo nos músculos das coxas é a principal causa dessa condição. Baixos níveis de ferro, pressão alta e diabetes também podem restringir o fluxo sanguíneo nas pernas, causando uma compressão dos músculos da coxa. As atividades físicas não são as únicas a agravar os sintomas, ficar em pé ou sentado na mesma posição por muito tempo também aumenta as sensações de dormência e formigamento.

Diagnosticando a meralgia parestésica

A meralgia parestésica é formalmente diagnosticada usando ressonância magnética ou raio-x como parte do exame médico, de acordo com a Faculdade de Medicina Johns Hopkins. Antes de examinar as pernas, o médico pode perguntar sobre atividades recentes, cirurgias ou lesões que possam ter danificado os nervos dos membros. Esses exames geralmente mostram anomalias nos ossos ou nervos. Estudos de condução nervosa, que avaliam as funções motora e sensora dos nervos, também detectam a doença.

Tratamento

Casos leves a moderados são tratados usando soluções que aliviam a dor e o desconforto. Pessoas com casos leves podem usar medicamentos sem prescrição que contenham ibuprofeno para reduzir a dor e a inflamação dos nervos. Médicos podem sugerir fisioterapia, perda de peso e injeções para os nervos, como corticosteroides, para reduzir a inflamação. Em casos severos de meralgia parestésica, os médicos podem indicar uma cirurgia de descompressão dos nervos.

Prevenção

Diminuir o peso é uma maneira de aliviar os sintomas de dormência e formigamento nas pernas. Ao perder peso, você diminui a pressão nos nervos, o que alivia os sintomas. Você pode prevenir a meralgia parestésica usando roupas folgadas e evitando exercícios de perna extenuantes e corridas excessivas. Realizar atividades que regulem o fluxo sanguíneo do corpo, como o ioga, também previne essa condição.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article