Como editar as configurações do Cubase

Escrito por ehow contributor | Traduzido por josé fabián
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

Após instalar o software Cubase, você poderá começar a gravar música no conforto da sua casa. No entanto, antes de começar, é importante personalizar as configurações do aplicativo de acordo com o seu computador e dispositivos de entrada de som.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Software Cubase
  • Dispositivos MIDI
  • Placa de som com drivers ASIO

Lista completaMinimizar

Instruções

    Escolher um controlador de som

  1. 1

    Inicie o Cubase e selecione "Device Setup" (Configurar dispositivo) no menu "Device" (Dispositivo).

  2. 2

    Selecione "VST Audio Bay" ou "VST Multitrack" (dependendo da versão do Cubase) e localize a opção "ASIO Driver".

  3. 3

    Selecione o driver ASIO correspondente à sua placa de som no menu suspenso (ele terá o mesmo nome da placa). Se não aparecer, confirme que a sua placa de som tem drivers ASIO.

  4. 4

    Ajuste as configurações do hardware de áudio no painel de controle. A maioria dos fabricantes fornece as configurações recomendadas para cada dispositivo.

  5. 5

    Ative a opção "Release ASIO Driver in Background" (Utilizar driver ASIO em segundo plano) na página "Audio Bay" se você quiser executar o Cubase e outros aplicativos de áudio ao mesmo tempo.

    Personalizar entradas e saídas

  1. 1

    Selecione "Open Devices" (Abrir dispositivos) e escolha entre "VST Inputs" (Entradas VST) e "VST Outputs" (Saídas VST) no menu "Device" (Dispositivo). Você verá as entradas e saídas disponíveis para gravar áudio, que dependerão da sua placa de som. A informação será exibida em quatro colunas: "Bus Name" (Nome do barramento), "Speakers" (Alto-falantes), "Audio Device" (Dispositivo de áudio) e "Device Port" (Porta do dispositivo).

  2. 2

    Para selecionar um barramento e alterar o nome, clique nele. Clique no botão "+" ao lado para visualizar as entradas e saídas físicas.

  3. 3

    Ative as conexões desejadas clicando na etiqueta de entrada/saída correspondente, e em seguida, no botão "Power" (Ligar). A "entrada" é a informação que vai desde a placa de som até o programa Cubase, e a "saída" é a que faz o caminho inverso.

  4. 4

    Personalize as entradas MIDI usando a opção "Device Setup" (Opções do dispositivo) e selecionando "All MIDI Inputs" (Todas as entradas MIDI). As interfaces MIDI que fizerem parte da sua placa de som ou já estiverem conectadas serão exibidas como portas padrão, e você poderá usá-las para selecionar o dispositivo. Desative os duplicados para evitar gravar dados desnecessários.

    Escolher a taxa de bits

  1. 1

    Abra o menu "Project" (Projeto) e selecione a opção "Project Setup" (Opções do Projeto).

  2. 2

    Visualize a taxa de bits na janela "Record Format" (Formato de gravação).

  3. 3

    Altere a taxa de bits de acordo com suas necessidades. Um valor maior permitirá obter áudio de maior resolução, mas nem sempre essa opção é útil.

Dicas & Advertências

  • Deixe a origem do "clock" definida como "Internal Clock", a menos que você esteja usando uma entrada digital para o som (nesse caso, deverá defini-la como "S/PDIF").

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível