Épocas de poda da amoreira infrutífera

Escrito por ian willson | Traduzido por angela spada
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Épocas de poda da amoreira infrutífera
É melhor podar a amoreira quando ela estiver dormente (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

As amoreiras infrutíferas são apreciadas pela tolerância à terra seca e pobre. Sendo uma planta macho que não produz frutos, ela também possui uma beleza sem a confusão que se segue a uma grande colheita de frutos. A amoreira infrutífera é uma planta de rápido crescimento e, muitas vezes, capaz de ultrapassar o espaço planejado ou crescer de forma desajeitada, precisando assim ser podada regularmente.

Outras pessoas estão lendo

Poda pelo tamanho

Devido à sua natureza bastante adaptável, os jardineiros geralmente plantam as amoreiras como arbustos ornamentais quando não conseguiriam cultivar com êxito a maioria dos outros arbustos. No entanto, algumas vezes, os proprietários das residências não consideram o fato de elas serem plantas prolíficas, que rapidamente se tornam grandes demais para o espaço que lhes foi destinado. Se isto for um problema, é melhor podá-las uma vez ao ano, logo que as árvores ficarem dormentes, ou perderem as folhas. Isso varia de acordo com onde você mora.

Poda para a saúde

Para o completo desenvolvimento e bom crescimento dessas amoreiras, em geral é necessário influenciar a forma e tamanho das árvore a fim de maximizar o seu volume e boa saúde. Pode parecer um contrassenso cortar os galhos da árvore para estimular o crescimento, mas isso é importante para que as amoreiras se tornem esteticamente agradáveis e durem mais, vicejando com sucesso. O excesso de volume deve ser reduzido a cada dois anos e, novamente, logo que a árvore fique em dormência durante o inverno. Talvez seja uma boa ideia deixar a árvore mais curta, para facilitar o trabalho de uma poda futura.

Árvores novas

É especialmente importante podar suas amoreiras infrutíferas, uma vez que seu crescimento em geral é descontrolado e, se permitido, pode causar sérios problemas à própria árvore nos anos vindouros. No caso de árvores em seus primeiros três a cinco anos, é bom realizar a poda duas vezes ao ano, no início da primavera, quando começam a se formar os brotos e quando a árvore fica dormente no inverno. A poda no início da primavera ajuda a estimular um crescimento mais vigoroso nos lugares de interesse, não permitindo que a árvore perca energia crescendo onde não é necessário.

Desbaste

O desbaste é um método comum usado para podar amoreiras e manter as árvores a uma altura específica desde muito novas. Pode ser considerado uma espécie de método de bonsai em grande escala. Segundo este método de poda, depois de alcançada uma altura preferencial, não se permite nenhum novo crescimento por mais de dois anos. Isto ajuda a árvore a permanecer centralizada, mantendo as partes desejáveis, além de diminuir o risco de se desenvolver brotos feios nos cortes da poda. Se você usar o método de desbaste, a poda deverá ser anual, logo que ocorrer a dormência da árvore. Se aguardar dois anos, isto poderá lhe causar problemas, pois é mais difícil reconhecer um novo crescimento.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível