Estágios da regeneração da cauda de uma lagartixa

Escrito por nicole papagiorgio | Traduzido por luiza horbach
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Estágios da regeneração da cauda de uma lagartixa
A lagartixa-leopardo pode regenerar sua cauda (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Algumas espécies de lagartixas podem regenerar sua cauda quando cai ou quebra através de um processo chamado de autotomia. A cauda se quebra em um ponto específico em sua base quando é puxada ou quando a lagartixa é ameaçada. A cauda se contrairá por conta própria quando separada do corpo a fim de distrair os predadores enquanto a lagartixa foge. Nem todas as lagartixas que perdem suas caudas podem regenerá-las, mas as espécies que conseguem passam por diferentes estágios de regeneração.

Outras pessoas estão lendo

Queda

Quando uma lagartixa perde a cauda, pode ser por queda natural ou por ter sido puxada, dependendo da situação. A lagartixa também pode comer o próprio rabo. Quando isso acontece, a lagartixa fica com uma pequena ferida aberta. Assim, ela deve ser transferida para uma gaiola limpa com toalha de papel revestindo o fundo, de modo que não exista chance de sujeira e detritos entrarem na ferida.

Cura

Depois que a cauda cai, o toco restante começa a cicatrizar. A cura leva apenas algumas horas. Durante as próximas semanas, a lagartixa deve ganhar alimentos em abundância e suplementos para receber os nutrientes necessários para que uma nova cauda possa crescer.

Crescimento

O novo rabo começará a crescer dentro de algumas semanas e pode demorar alguns meses ou um ano para crescer completamente. No entanto, a nova cauda não será tão longa ou grossa como a original, razão pela qual é possível determinar se uma lagartixa ainda tem sua cauda original ou não.

Quebras não-regenerativas

Espécies de lagartixas que podem regenerar sua cauda, como a lagartixa-gárgula, só podem fazê-lo se a cauda se quebrar em um ponto localizado na base. Mesmo quando intacta, esse ponto parece uma linha. A lagartixa não pode regenerar uma cauda se o rompimento não ocorrer neste local. Por exemplo, se um predador morde a ponta do rabo de uma lagartixa, ela não poderá crescer novamente, e sim cicatrizar. Se um predador morder o rabo da lagartixa e a cauda inteira cair, ela voltará a crescer.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível