Estilos vintage de revestimentos de chão dos anos 1950

Escrito por naomi bolton Google | Traduzido por mariana mendonça
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Estilos vintage de revestimentos de chão dos anos 1950
Pisos preto-e-branco eram bem populares nos anos 1950 (Marmor Floor image by Sundaysdinner from Fotolia.com)

Nos anos 1950, o modernismo tornou-se moda e o design de interiores incorporou padrões abstratos, padronagens geométricas e combinações interessantes de cores. Um visual popular para casas era o estilo de cozinha americana, com piso de ladrilhos preto-e-branco e cores de chiclete. O design com visual elegante, com móveis e texturas futuristas, também era popular. O revestimento do chão era muitas vezes bem colorido e com muitas padronagens, e muitas pessoas cobriam as paredes e tetos com papel de parede em cores e padronagens combinantes.

Outras pessoas estão lendo

Construção do piso

Até os anos 50, a maioria das casas tinham pisos de madeira, mas com a melhoria dos materiais como vinil e carpetes de fibras sintéticas, outros tipos de revestimentos tornaram-se comuns. Pisos de vinil ou carpetes muitas vezes cobrem superfícies de chão de concreto. Muitos decoradores de interior ou donos de casas reformaram seus pisos de madeira, cobrindo-os com carpete ou placas de vinil.

Cores

A paleta de cores mudou ao longo dos anos 1950. Primeiramente, cinza, marrom ou borgonha e esquemas de tons de verdes eram muito populares para o design de interiores e revestimentos de piso. Perto no fim da década, as pessoas começaram a adotar rosas mais fortes em contrastes com preto e branco. Cores pasteis eram populares para o design de cozinhas e uma cozinha com ladrilhos cor-de-rosa e armários combinando era muito estilosa. Outras cores populares em pastel eram amarelo e verde-água.

Padronagens

Os donos de casas dos anos 1950 constantemente optavam por um piso de vinil xadrez em vermelho e branco, preto e branco, ou amarelo e branco. Pisos marrons com uma padronagem em um tom de amarelo forte também eram populares. Padronagens de listras de bengalas de alcaçuz eram usadas com frequência nas cozinhas. As companhias norte-americanas de revestimento de piso como Armstrong e Goodyear venderam azulejos avulsos em uma grande variedade de tons, incluindo cinzas, marrons e verdes. Os azulejos eram muitas vezes colocados na diagonal, formando padronagens geométricas inspiradas pela arte azteca.

Materiais

Revestimentos de piso em linóleo laminado eram populares na América do Norte. Ladrilhos de vinil eram uma escolha barata e, muitas vezes, eram feitos de amianto, que era considerado um material durável naquela época. Ladrilhos de piso de cortiça surgiram nos anos 50 e a empresa Armstrong oferecia muitos designs nessa linha. Tapetes de algodão eram muitas vezes usados tanto para cobrir toda a superfície do chão quanto como peças isoladas. Os anos 50 também conheceram a criação de um design inovativo: o tapete de algodão reversível, acolchoado e que poderia ser enrolado para ambos os lados para garantir o dobro do uso e maior durabilidade.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível