Exercícios para independência dos dedos

Escrito por michael jones | Traduzido por elia regina previato
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Exercícios para independência dos dedos
Exercite a independência dos dedos e fortaleça-os (Visage/Stockbyte/Getty Images)

Não há muitas pessoas que sequer sabem que podem exercitar suas mãos, mas a aptidão dos dedos pode ajudar em muitas coisas na vida. Pessoas que desejam aprender a tocar guitarra ou piano se beneficiam muito com os exercícios de independência dos dedos, e aqueles com traumas nos dedos podem conseguir que voltem ao normal com alguns exercícios desse tipo. Se você nunca fez exercícios com os dedos, será muito difícil fazê-los no inicio. O truque é começar devagar e fazer cada exercício corretamente. Você vai se tornar um mestre dos exercícios em pouco tempo; basta ser paciente.

Outras pessoas estão lendo

Garra de urso

Coloque a mão em forma de garra de urso e empurre para baixo em uma superfície plana. As pontas de todos os seus dedos deve ser pressionadas para baixo sobre a superfície plana. Conforme você pressiona com os dedos, levante um dedo de cada vez e mantenha essa posição por um segundo. Comece este exercício de independência dos dedos com o polegar e siga em ordem até o seu dedo mínimo. Faça isso por cinco minutos e, em seguida, troque de mão.

Cruzamentos

Cruzamento1: Junte as mãos, com as palmas tocando e cruze os dedos para baixo. Se você é destro, vai perceber que o seu polegar direito estará em cima do seu polegar esquerdo. Se você é canhoto, o seu polegar esquerdo estará no topo.

Descruze suas mãos e mude os dedos para que o outro polegar fique no topo quando você cruzar suas mãos desta vez. Continue alternando entre cruzar os dedos de sua mão direita na frente e cruzar os da mão esquerda na frente. Comece devagar e mova os dedos até embaixo quando você cruzá-lo. Com o tempo, você vai ser capaz de ir mais rápido.

Cruzamento 2: Para esse exercício, você cruza as mãos como você fez no cruzamento 1, exceto pelo fato de que você cruzará apenas um conjunto de dedos de cada vez. Um conjunto de dedos significa o mesmo dedo de cada mão, como o dedo indicador direito e o esquerdo.

Com ambas as mãos juntas, cruze um conjunto de dedos de cada vez. Primeiro os dedos indicadores. Faça uma dobra com o dedo direito na frente e então troque para que o seu dedo esquerdo fique na frente. Faça isso com cada conjunto de dedos até chegar aos mínimos, e depois faça o exercício para cada conjunto de dedos até voltar aos indicadores. Comece devagar e faça os cruzamentos completos. Com o tempo, você vai ser capaz de fazer este exercício mais rápido.

Cruzamento 3: Em vez de cruzar um conjunto de dedos, para este exercício você cruzará dois conjuntos de dedos. Coloque suas mãos juntas e cruze dois conjuntos de dedos ao mesmo tempo. Primeiro cruze os indicadores e médios ao mesmo tempo. Dobre um dedo da mão direita na frente e um da mão esquerda na frente. Em seguida, cruze os dedos médio e anelar e, finalmente, o anelar e o mínimo. Com o tempo você vai ser capaz de ir mais rápido. Continue exercitando os conjuntos de dedos para cima e para baixo.

Cruzamento 4: Com as mãos juntas, cruze três conjuntos de dedos para baixo ao mesmo tempo. Comece com os conjuntos de dedo médio, anelar e mínimo. Em seguida, cruze o conjunto do indicador, o anelar e o mínimo. Em seguida, e, finalmente, cruze o conjunto dos dedos indicador, médio e anelar. Faça uma dobra para cada conjunto com os dedos da mão esquerda na frente e uma vez com os dedos da mão direita na frente. Veja até que velocidade você pode ir.

Cruzamento 5: Coloque suas mãos juntas e cruze todos os seus dedos para baixo. Então, um de cada vez, levante todos os dedos (excluindo os polegares), trabalhando a partir de uma extremidade à outra, ida e volta. Também é possível levantar um conjunto de dedos de cada vez. Comece com os dedos indicadores e percorra todo o caminho até seus dedos mínimos. Em seguida, faça o caminho de volta. Comece devagar e em breve você fará este exercício com velocidade.

Batidas leves

Coloque suas mãos juntas (palmas se tocando) e bata levemente as pontas dos dedos umas nas outras. Mantenha seus polegares tocando um ao outro conforme aponta os dedos para fora, tanto quanto possível e bata-os juntos, levemente. Para trabalhar na independência, bata levemente um conjunto de dedos ao mesmo tempo. Comece com os dedos indicadores e vá até os dedos mínimos. Quando se sentir confiante, será capaz ir para cima e para baixo rapidamente. Depois de fazer as batidas leves com um dedo, passe a bater dois conjuntos de dedos e depois três conjuntos. Quando ficar realmente bom, bata levemente os dedos alternados conforme for usando os dedos para cima e para baixo.

Dobrar e separar

Coloque as duas mãos na sua frente com as palmas para fora. Estique seus dedos retos e aponte-os para cima. Dobre todos os seus dedos para baixo na falange do meio. Para trabalhar em independência, dobre um par de dedos de cada vez. Comece com os dedos indicadores e vá até os mínimos. O objetivo é manter todos os seus outros dedos juntos e firmes e retos, apontados para cima, enquanto você dobra um dedo de cada mão. Uma vez que esteja confortável, dobre dois e três dedos de cada vez. Quando estiver realmente confiante, dobre os dedos alternados ao mesmo tempo.

Além de exercícios de flexão, realize exercícios de separação. Comece com ambas as mãos a sua frente, com os dedos apontando para cima e palmas viradas para fora. Mantenha todos os seus dedos juntos enquanto separa o seu dedo indicador para longe dos outros. Em seguida, separe os dedos médio e anelar. Finalmente, separe o mínimo. Vá para frente e para trás entre os dedos. Faça esse exercício lentamente até que possa fazer cada movimento corretamente.

Você também pode usar uma combinação de exercícios de dobrar e separar. Com as palmas voltadas para fora e os dedos voltados para cima, dobre o dedo indicador e separe o mínimo. Comece primeiro dobrando um dedo e então separando o outro, mas o objetivo é ser capaz de fazer ambas as coisas simultaneamente. Em seguida, dobre o dedo indicador e separe o anelar do médio. Você pode escolher os dedos que quer dobrar e os que quer separar conforme se sente mais confiante, mas trabalhe todos os dedos das duas mãos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível